domingo, 5 de junho de 2011

Da série "Coisas-estranhas-que-acontecem-comigo"

Dia desses fui à Padaria a fim de comprar um lanchinho e, uma vez que não como qualquer tipo de carne há mais de dez anos, lancei à atendente a perguntinha de praxe: "Há algum salgado, dentre estes, que não contenha carne?"

A menina, muito solícita, começou a enumerá-los: "Hummmm...tem o pastel de quatro queijos e o folhadinho de palmito e queijo".

Então eu perguntei: "Tem algum que seja assado?"

E ela, prontamente: "Sim, sim... tem o assado de presunto e queijo."

Eu: "Não, eu quero saber se tem algum assado SEM carne..."

Ela: "Mas então, tem esse de presunto e queijo!"

Eu, mais que depressa, respondi: "Amada, presunto É carne..."

(Ok, até aqui, nenhuma novidade. Isso geralmente acontece comigo. Parece que as atendentes de Padaria não se dão conta de que frango e presunto também são carne... Mas essa atendente superou toda e qualquer expectativa...)

Ela, com cara de quem não está entendendo: "Hã?!?"

Eu, já suspirando fundo: "Presunto É carne!"

Ela, com ar incrédulo: "Como assim?"

Eu, já perdendo a paciência (juro que pensei que ela estivesse de gozação p/ cima de mim): "Você por acaso já ouviu alguém dizer que iria até a árvore para colher umas fatias de presunto? Não, né? Pois o presunto é feito de CARNE!"

Ela, olhando de soslaio, meio desconfiada: "Mas minha irmã é vegetariana e come presunto..."

Eu, já querendo desistir da conversa e da compra: "Pois então sua irmã NÃO É vegetariana..."

Ela: "Mas ela é vegetariana, sim... Vai ver ela não sabe que presunto é carne..."

Eu, já desanimada "Pois é..."

Terminado esse diálogo bizarro, eu escolhi o pastel de quatro queijos e o folhadinho de palmito e queijo e já estava dando tchau quando a atendente sorri de orelha à orelha e lança o golpe final:

"Ah! Já sei! É que ela não é bem vegetariana... Ela come carne às vezes, mas só carne branca... Vai ver é por isso que ela come presunto, né?"

o.O

Morri!

Dei um "sorrisinho amarelo" e fui embora quase correndo...

...


Déia escreve aos domingos e jura que nunca mais tentará explicar que presunto não nasce em árvore...
Mas Déia confessa que ficou curiosa para saber o que teria acontecido se tivesse tentado explicar que, na verdade, é ovo-lacto-vegetariana...

6 comentários:

Eduque-Q disse...

Olá Deia!
Tô agarrado aqui com dois trabalhos do mestrado, só correria e parei pra ler seu post.
Não parava de rir, deu crise geral, foi gargalhada atrás de gargalhada, o treco não tinha fim. Tá muito bem escrito, com as pausas no lugar certo e o ar de mistério até chegar o desfecho, quer dizer, golpe final (um verdadeiro Seppuko).
Tomara que pelo menos o folhadinho de palmito e queijo tenha valido a pena.
Imagino que seja Vegan tb, né?
Aí é que ia complicar mesmo explicar isso mais pra moça, rs.
Um abraço,
Sérgio

Inaie disse...

meu marido e vegetariano ha mais de 20 anos. Possoe screver um livro com as historias de jantares "vegetarianos"que foram organizados SO pra ele...

andreia disse...

Oi,
Essa podia ser da série de coisas que acontecem com as pessoas que não comem carne, no geral...
Já passei por cada situação...
beijos

Andréia B. Borba disse...

Olá Sérgio, Inaie e Andreia!

Sérgio, querido, fico muito grata que vc encontre tempo em meio à correria acadêmica para prestigiar meus escritos! E fico, também, muito feliz que este, em especial, tenha alegrado seu dia. No fim eu acabo rindo dessas coisas também, sabe? Pobrezinha da moça... E, realmente, se eu tivesse que explicar a ela que sou ovo-lacto-vegetariana, eu teria, provavelmente, dado um nó no cérebro da pobrezinha...hehehehe! Bjs querido! Uma ótima semana p/ vc!


Ianie, querida, sabe que é uma gandessíssima ideia esta do livro? Aposto que não faltariam leitores ansiosos por comprovar que não é só com eles que coisas bizarras assim acontecem... hehehehe! Bjs querida! Boa semana!

Andreia, querida, pois compartilhe alguma, então... Eu sempre fico com aquela sensaçã de "tinha que acontecer justo comigo...". Hehehehe! Bjs querida e boa semana!

andreia disse...

oi Deia!

Vou te dar 5 exemplos resumidos, pra vc não se sentir tão "sozinha" nessa saga (pq se fosse descrever as reações alheias, não seria nem comentário, nem post, mas livro!)

1- restaurante italiano (mas podia sr outro): no cardápio, massa "qq coisa" 4 queijos. Ótimo, adoro! vem o prato lotado de presunto picadinho em cima. Peço para trocar, e 25 minutos explicando que presunto é carne, e nem serve de decoração (e o garçon me olhando como se eu fosse um ET). Alias, não sei o pq de acharem bonito e decorativo o presunto, será pq é rosa?

2- bar da faculdade: a saga para achar um sanduíche isento de carne... Essa semana tinha um de tomates secos, desconfiei um pouco da aparente textura, não era carne, era a pasta de frango processado para "engrossar" ...

3- no supermercado: sanduíche de palmito, aparentemente sem nada suspeito, mas lendo os ingredientes, está lá, o patezinho de frango...

4- uma marca de congelados lança uma linha natural, linda, bem com a proposta de atrair o público vegetariano: lasanhas, crepes e afins. Compro um de cada! (não sou naturalista...). Chego em casa, leio os rótulos (ok, deveria ter lido no mercado, mas como era linha verde, confiei), tudo ou com caldo de carne, ou frango. Ah, isso rendeu vários e-mails e alteração na formulação, hj é verde, verde.

5- bem tipica daqui de Porto Alegre, o tal "Xis salada sem carne"... Alguns bem poucos lugares tem a opção vegetariana, a maioria não... então sempre tem uma piadinha agregada, ou tiram a carne e deixam o presunto, ou o acrescentam (pra compensar o valor e agradar a clientela).

Definitivamente, presunto deve nascer em árvore, frango deve estar no limiar entre os reinos vegetal e animal, e todo tipo de carne processada é isenta da categoria...

:(

beijinhos!

Andréia B. Borba disse...

Huahauhauhauhauhauhauhsauahuahuahuahuahuahuahuahuah!
Pronto!
Morri de rir aqui....

Hehehehehehehe!
Que maravilha isso!!!

Ainda bem que não sou a única a sofrer com essas coisas...

Querida, seu testemunho rendeu-me magníficas gargalhadas... (desculpe mas foi inevitável)...Obrigada!

;-)

bjs!

Déia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...