domingo, 27 de janeiro de 2013

Da mesquinharia e crueldade humanas



Suponho que todos estejam sabendo da tragédia ocorrida aqui no sul do país, na cidade de Santa Maria onde, lamentavelmente, mais de 200 pessoas morreram, vítimas de um incêndio ocorrido em uma boate.
Não se preocupem que não abordarei mais detalhes além dos que a mídia, tão habilmente, vem explorando. O que inspirou esse post não foi a tragédia em si, mas sim as mais diversas reações que ela suscitou nas pessoas.
Não foi surpresa alguma quando hoje, no fim da tarde, entrei no Facebook e me deparei com uma timeline cheia de posts a respeito. É óbvio que, dada a gravidade do ocorrido, muitos comentários surgiriam.
Contudo, fiquei estupefata, ao me deparar com "brincadeiras" (de péssimo gosto) referentes à tragédia, com comentários irônicos e descabidos, com compartilhamentos de fotos com imagens de mortos e/ou feridos e, pasmem, até mesmo com reclamações relativas a cancelamentos de shows e partidas de futebol em sinal de luto pelo ocorrido!

Simplesmente não consigo acreditar que algum ser humano consiga compartilhar frases do tipo:

"Gaúcho não gosta tanto de churrasco? Deve estar se deliciando com o cheirinho de carne assada."

"Esses jovens todos morreram porque não estavam no caminho do Senhor."

"Por favor,parem de fazer tanto drama! Morre gente todos os dias e ninguém faz esse dramalhão todo."

"Quer ir a uma boate? Conheço uma em Santa Maria que pega fogoooo"

"Churrasquinho de carne bem novinha... Alguém se habilita?"

"Só eu tô de boa com os torresmos de santa Maria?"

"Quer bronzeamento grátis? É só sair para boates em Santa Maria. você sai de lá pretinho, pretinho..."

"Milhares e milhares de pessoas morrem todo dia. Ataque cardíaco, acidente de carro, homicídio E pouquíssimos ligam. Daí quando é esse tipo de coisa todo mundo se comove de repente..."

"Inacreditável que um estado inteiro entre em luto e cancele até jogo do timão só por causa de um churrasquinho"

Eu fico simplesmente pasma com esse tipo de pessoa!
Sinceramente, não acho que alguém deva ser hipócrita e demonstrar um pesar que não sente. Se você não se sentiu afetado pela dor alheia, ok, sem problemas. Mas daí a ser cruel a coisa é bem diferente.
Qual a necessidade de disseminar crueldade em um momento em que muitos sofrem sua perda?
Que tipo de ser humano se compraz do sofrimento alheio?
Sinceramente, sinto vontade de chorar quando penso no quanto o ser humano consegue ser frio e cruel...





Déia escreve aos domingos e sente o coração pequenininho, não somente por estar de luto pelas vítimas e familiares desta triste tragédia, mas também por constatar o quão mesquinhas certas pessoas podem ser...

8 comentários:

Camila Monteiro disse...

Isso não deve levar o nome de PESSOA!
Foi uma tragédia sem tamanho. Absurdo que está na mídia até fora do país!
Espero que essas famílias que foram destruídas encontre força para seguir em frente!
Estou bloqueando todos que estão fazendo piadinhas com essa tragédia! Tb vi iaso no facebook!

Camila Monteiro disse...

Isso não deve levar o nome de PESSOA!
Foi uma tragédia sem tamanho. Absurdo que está na mídia até fora do país!
Espero que essas famílias que foram destruídas encontre força para seguir em frente!
Estou bloqueando todos que estão fazendo piadinhas com essa tragédia! Tb vi iaso no facebook!

Camila Monteiro disse...

Isso não deve levar o nome de PESSOA!
Foi uma tragédia sem tamanho. Absurdo que está na mídia até fora do país!
Espero que essas famílias que foram destruídas encontre força para seguir em frente!
Estou bloqueando todos que estão fazendo piadinhas com essa tragédia! Tb vi iaso no facebook!

Naty disse...

Deia!!
Saudades de ti!
Realmente é uma falta de respeito todos esses comentários sem noção. Não tem o que falar não fala nada, mas não desrespeita a dor dos outros.

Bejus

Advokete disse...

Jesus! Graças a Deus não vi nenhuma "piadinha" destas. Não chegaram aqui em Minas. Pela menos não por enquanto...

Carla disse...

Eu vi essas merdas no Face. Sabe o que acho que acontece? As pessoas não pensam, não raciocinam, se tornaram burras e ficam disseminando essas porcarias na internet. Se fosse com amigos e parentes de si, não falariam esses horrores, provavelmente. Esse tipo de gente me enoja e entristece e me faz, cada dia mais, preferir os animais.

Renata Pereira disse...

Gente, um horror o que aconteceu! E servepra gente repensar várias coisas, sobre nossos comportamento como cidadão, eleitor, frequentador de casa noturna (eu mesma nem sempre procura localizar a saída de emergência, ou ver se ela existe). Podemos tb rever nosso comportamento virtual: Facebook, blog e outros podem ajudar muito nesses momentos, passando informações úteis e corretas, ajudando na logística e outros. Na minha timeline não havia nenhum comentário desses, procuro ser bem seletiva. Se houvesse, eu mandaria uma mensagem pra pessoa, dizendo que estava excluindo/bloqueando por causa disso. Sei que a gente fica P$%¨da vida, mas reforçar e repetir só reforça o lado negro da questão. Até mesmo repetir as piadas aqui o blog, mesmo sem má intenção, reforça isso.
O que podemos fazer nesse momento é aprender, procurar evitar que aconteça de novo, nos tornarmos seres humanos melhores.
Abraço forte para todos!

Renata

andreia disse...

Infelizmente as piadas existem, e muitas! Virou até hashtag no twitter #chupasul (coloquem e verifiquem o quão baixo o ser humano pode ser).

Além disso, há muitas mensagens de pessoas que dizem ter "Jesus no coração" e que julgam as vítimas como pecadoras, além de lamentar suas almas perdidas. Um desrespeito às famílias e aos amigos das vítimas que estão sofrendo.

E, sim, há o fotojornalismo mórbido. Hj mesmo vi uma imagem de um médico examinando os corpos. Desfocada, mas está postada.

(o jornalismo televisivo eu não acompanhei, mas imagino o tipo de reportagem que estão fazendo)

E além de piadas e falso moralismo, já há pessoas tentando aplicar golpe nos parentes das vítimas! Abutres!

Definitivamente, o ser humano nunca esteve tão longe de ser humano.

Empatia e solidariedade, é isso que o Rio Grande do Sul precisa. Além deste trágico incêndio, em Santa Maria, que resultou em mais de 230 mortes, ainda ocorreu, em Porto Alegre, no domingo, um outro incêndio, numa favela, sem vítimas fatais, mas desabrigando mais de 800 pessoas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...