sexta-feira, 5 de julho de 2013

O que valorizar


Quase todos os anos escrevo sobre o que preciso mudar em minha vida, como não estressar com fatos irritantes do cotidiano, ou o que devo fazer para desligar, despreocupar do que não tem como mudar. É uma forma de reafirmar valores, pensamentos, intenções. 

Sei que não é fim, nem início de ano para as boas e velhas promessas que a gente nunca cumpre, mas, novamente, sinto a necessidade de escrever, para mim mesma, sobre as coisas na vida que preciso dar mais valor, e o que não devo valorizar tanto, para ter uma vida melhor; para aproveitar o melhor da vida. 

E sei que tem tanta coisa, que parece boba, mas, que se a gente pensar, se estive ao contrário, seria o caos. Assim, tenho tentado dar valor ao fato de viver numa casa arrumada, com chão encerado, banheiro lavado e limpinho, sem bagunça, sem badulaques, sem excessos, com conforto, e sem dívidas. Tenho valorizado uma boa conversa, brincadeiras, bares, jantares, shows, teatros, cinemas, passeios, romance e amizade. Preciso valorizar mais os cuidados e presentes que recebo de quem me ama, e demonstrar mais amor e carinho para quem ano. 

Ao mesmo tempo, tenho tentado não dar tanta importância para quando a casa ainda precisa de uma limpeza, quando as janelas estão sujas, quando há uma papelada acumulada para jogar fora, ocupando espaço na casa. Preciso desligar para os momentos em que as pessoas próximas estão de pouca conversa, e não pensar que é descaso, ou falta de atenção. Preciso entender que é momento, ou característica dessas pessoas, e aceitar. Preciso não me importar tanto com atrasos para compromissos, ou esquecimentos das pessoas, ou com pessoas que não gostam de opinar, nem de se comprometer com nada. Também tenho que aprender que há pessoas que são assim, e não me incomodar com isso. 

Enfim, preciso saber valorizar o que realmente vale a pena, e conseguir aproveitar tudo e cada momento bom da vida, sem me preocupar com coisas de pouca importância. Agora é só colocar isso em prática!!!! (Como se fosse fácil, num piscar de olhos! Rs...) 



Mini-resumo: Tania tenta, há muito tempo, dar importância ao que tem valor de verdade na vida, e desligar do que não tem valor. Mas saber o quanto isso é difícil.... 


Um comentário:

Ana Paula Silva disse...

Nossa meu ideal de vida. Gostaria muito de chegar a esse ponto, de aproveitar mais e cobrar menos. Não me preocupar tanto com o outro ou com o que deixou de acontecer, mas aproveitar o que aconteceu, o momento, o que foi dito, a boa companhia.
Vamos continuar tentando né rss..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...