terça-feira, 3 de setembro de 2013

Gente

Gente que olha cardápio de padaria como se fosse manual de instruções de foguete em russo. Gente que responde a tudo com um sorriso. Gente que ama livro infantil.

Gente que pergunta o que quer saber. Gente que não quer nem saber.

Gente que dorme de olho aberto. Gente que ronca quando ri. Gente que ronca quando dorme. Gente com fotofobia. Gente viciada em Sol. 

Gente com pouca memória. Gente com muita memória. Gente que vive do passado. Gente que vive sem futuro. Gente que não se perdoa. 

Gente, gente! Tudo gente! Igual a mim. Igual a ti! Gente com feijão no dente, com pulga atrás da orelha, com a corda no pescoço. Gente que leva tudo a sério. Gente que leva tudo na brincadeira. 

Gente com chulé.

Gente que não consegue erguer uma sobrancelha só.

Gente que usa palavras dos outros para dizer o que sente. Gente que não sente.

Gente que sente demais. 

Gente que cozinha, que divide, que olha no olho. 

Gente que pede e que dá socorro. 

Tudo gente!

Mau motorista. Gente que vai pro Spoleto sem saber o que vai pedir! 

Gente que lê livro de auto-ajuda. Gente que não se ajuda. Gente que se veste diferente. Gente que ri de si mesmo.

Tudo gente!

E por que a gente não lembra disso, que gente é tudo gente, e trata os outros como trataria uma pessoa da família? Ou como gostaria de ser tratado? Não só gentileza gera gentileza, como lembrar que o manobrista, a garçonete, o motorista apressadinho são pessoas! Assim como eu e você.


Renata acha que a gente esquece que os outros são gente como a gente, e que lembrar disso pode deixar a vida bem mais legal!





2 comentários:

Anônimo disse...

Delícia de texto, Re, querida!
Beijos, Gisele,

AninhaintheSky disse...

Olá! Completei 30 anos esse ano e na busca por blogs sobre o tema encontrei esse e me identifiquei com muitos textos!
Gostei muito desse, que mostra que mesmo com todas as diferenças entre as pessoas o respeito deve ser pra todos!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...