sábado, 21 de março de 2015

O poder do “eu vou” – um texto pequeno só para quebrar o gelo!

Essa semana a fofa da minha terapeuta – sim, eu faço terapia! – chamou a minha atenção para o fato de que todas as vezes que eu disse “eu vou fazer tal coisa”, eu fiz tal coisa. Ela comentou que todas as vezes que lançamos um desejo – ou um desafio – para o Universo, alguma modificação acontece nele e as nossas próprias atitudes e escolhas fazem com que comece a ser trilhado o caminho para que tal coisa aconteça. Pensando seriamente no assunto, faz sentido. Assim se encaminharam várias conquistas que eu tive na vida. E olha que eu sempre me orgulho em falar que não faço planos! Que as coisas acontecem para mim! – acho que preciso mudar meu conceito de plano. 

E hoje mais um “eu vou” se concretiza. Quando li este blog pela primeira vez eu pensei: “um dia eu vou escrever nesse blog!” e hoje, alguns anos depois, recebi o convite! Fiquei muito lisonjeada, escrevo muito, mas só o que publico são artigos científicos e um texto ou outro no facebook sobre coisas que me tocam. 

Certamente falarei mais “eu vou” por essa vida, tem sido divertido! E bem vinda para mim, nessa nova experiência que tem tudo para ser muito enriquecedora!


Luciana escreveu este mini-texto após parar de saltitar pela casa por receber o convite da Renata e, muito contente, promete fazer jus a este convite.

9 comentários:

Andreia disse...

Seja bem-vinda!!!

:D

Adorei a estreia!

Luciana Piovesan disse...

Obrigada Andreia!! :)

Robson Simplicio disse...

Orgulhoso da minha sempre prof.! Quero acompanhar seguidamente suas blogadas!Beijão e sucesso que é algo que acontece em sua vida.

Luciana Piovesan disse...

Eba!! Que bom te ter aqui, Robson!! Que possamos nos acompanhar muito por essa vida! Um beijo.

Nana disse...

Tomara que muitos outros "eu vou" se concretizem em sua vida.
Bj e fk c Deus.
Nana
http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

Tempo & Solidão disse...

Há tempos que eu não visitava este blog. Achava Terapia algo de outro mundo até começar a fazer. Pelo jeito você deve ser daquelas pessoas que todos acham que não tem problemas e que não precisam dessas ajudas.
Muito legal essa sua determinação. Também falo vários "eu vou", mas ainda falta essa determinação para mim em alguns casos.
Belo texto!!! Pequeno e direto!! Parabéns pela estréia!!!

Luciana Piovesan disse...

Obrigada Nana! Que se concretizem para todas nós! Um beijo.

Luciana Piovesan disse...

Obrigada pelo comentário Tempo&Solidão. De fato tem muito preconceito e a maioria das pessoas pensa que terapia é coisa de maluco, de problemático e que todo mundo precisa menos ela mesma. Mas é questão de autoconhecimento e, na minha opinião, só quem não precisa de terapia é quem não tem parentes, relacionamentos de qualquer tipo e emprego. Mas nesse caso, a pessoa precisaria pela sua solidão. Ou seja...tem jeito não! Espero que você passe mais por aqui :)

Alcides Cossettin Jochims disse...

Parabéns Lu, sou seu fã e faz muito tempo que sinto isso, só nunca tinha confessado antes, ehehhe, mas sempre há tempo !!!
Admiro muito a suas conquistas interiores e exteriores!!!
Que Deus sempre continue te iluminando!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...