sábado, 19 de maio de 2012

Era uma vez um bolo de chocolate

Oi, meu nome é Mariana, tenho 31 anos e estou aqui pra fazer uma confissão séria: acabei de comer um bolo de chocolate. Isso mesmo que vocês estão lendo, vou repetir, acabei de comer um bolo de chocolate inteiro, sozinha. E não foi daqueles bolinhos pequenos metidos a besta que estão na moda não, foi daqueles bolos a moda antiga, daquelas formas com furo no meio e tal. Há muuuuito tempo mudei minha alimentação e doce (minha grande e universal tara) foi o corte mais radical que tive que fazer. Pra terem noção tenho meio ovo de páscoa até hoje no armário. Realmente me tornei uma pessoa contida e controlada. Mas é que hoje acordei absurdamente gripada, febre alta e não fui trabalhar. Sozinha em casa, doente, puro dengo. A única solução pra isso foi fazer um suculento bolo de chocolate que comi ainda quente. Inteiro. E só pra dar uma culpinha básica, fiz calda – de chocolate, é claro! Agora tô aqui terminando de tomar o litro de chá quente que fiz pra acompanhar o bolo e fazendo as contas de quantas voltas na piscina terei que dar pra compensar esse momento de histeria! E viva o chocolate!



Mariana escreve esporadicamente. Atchimmm!

5 comentários:

Inaie disse...

Adorei o post e fiquei triste por não saber fazer bolo ed chocolate, se soubesse, te acompanharia na histeria! Mesmo sem gripe. Comemoraria a sua...

Cláudia disse...

Adorei a culpinha básica em forma de calda....ui delícia!

Marco disse...

Como diria Roberto Carlos: "Tudo o que eu gosto é ilegal é imoral ou engorda." Fazer o que. Be happy!

Laurita dos Santos disse...

Achei fantástico teu relato, afinal, crises histéricas acontecem!

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Adorei a sinceridade e fiquei com vontade da receita desse bolo de chocolate :)
Beijos!
Selma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...