quarta-feira, 29 de abril de 2015

“Chá quente é um carinho, né?”

As palavras de uma grande amiga (tá, ela é pequena, mas grande na pessoa e grande na amizade!): “Chá quente é um carinho, né?” – me fizeram pensar nos carinhos que fazemos para nós mesmos. E como é bom! Tão bom quanto receber carinho alheio. Tão bom quanto oferecer carinho.

Chá quente em dia frio – ou no ar condicionado gelado do trabalho;

Um quindim em dia de mau humor;

Banho morno depois de um banho de chuva;

Se permitir fazer nada depois de um dia estressante;

Ou se permitir acordar tarde no sábado depois de uma semana daquelas;

Uma comida bem feita e saborosa, já que dieta não é carinho;

Um “auto-presente” em época de aniversário, ou simplesmente porque você merece.


Todas essas coisas de quem tem amor próprio, seria então “carinho próprio”? E quem enxerga que isso é carinho, será grato e feliz ao receber. 

Abraço apertado de uma pessoa querida;

Lambida do cachorro;

Um chá quente em dia frio e um quindim para animar;

O tempo que alguém despende para fazer nada junto com você;

Ou o tempo que alguém despende para te acompanhar em algo que te estressa;

Um prato de comida bem feita especialmente para você;

Um telefonema – sim! Ainda se usa! – só para saber como você está.

Ser cuidado quando se está doente.

Para estes, também será natural oferecer carinho, principalmente aquilo que considera carinho para si mesmo. E carinho não é algo restrito as suas amizades, não – pode ser oferecido inclusive para um desconhecido, como em um ato de doação ou de trabalho voluntário. 

Da mesma forma que é necessário amor próprio para amar o outro, é necessário carinho próprio para acarinhar o outro. E como é bom ter e receber conforto! Sobretudo em época de tamanha animosidade – bora aprender mais sobre carinho!


Luciana escreve as quartas e não sabe viver sem dar carinho. Mas para dar é preciso receber, e para receber é preciso carinho próprio! E fica a dica do quindim! :--)

2 comentários:

Marcia Almeida disse...

Um quindim em qualquer dia, no dia da louca vontade, no dia do "e daí se engordar?", no dia da parceria, no dia do eu mereço. Quindim sempree (se for de Pelotas, então...)merecemos um carinho, dado ou recebido!

Luciana Piovesan disse...

Tem coisa mais carinhosa do que um quindim Márcia?? Tem não! <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...