domingo, 29 de dezembro de 2013

Leveza

Desejo que em 2014 possamos...

nos despojar:
- das mágoas que insistimos em guardar;
- dos "mortos" aos quais nos agarramos tão desesperadamente a ponto de não permitirmos que sejam sepultados;
- das pequenas mesquinharias que nos aprisionam;
- dos sorrisos forçados que, muitas vezes, escondem nossos reais sentimentos;
- dos falsos amigos que nos bajulam
- e da terrível tentação das pequenas reclamações cotidianas...

E que possamos, ainda...

intensificar:
- os sorrisos;
- as brincadeiras; 
- as emoções;
- o ócio criativa;
- a leitura prazerosa;
- os exercícios físicos estimulantes e relaxantes;
- o convívio com quem amamos;
-e, principalmente, todo e qualquer gesto de amor...


Déia escreve aos domingos e deseja, de todo coração, que em 2014 todos consigamos abandonar os fardos pesados e desnecessários, e que possamos, sobretudo, perceber que as coisas que realmente importam exalam suavidade, doçura e leveza... 
E para coroar esses ideais para o ano vindouro, Déia oferece as sábias palavras de Cora Coralina:
"Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo que for desnecessário. Daqui para frente apenas o que couber no bolso e no coração".


4 comentários:

Tania disse...

Déia,

Adorei! Oxalá consigamos a leveza do seus texto no nosso cotidiano!!! Lindo texto!
Beijos,

Ana Paula Silva disse...

Tudo que precisamos nesse mundo louco - LEVEZA....

Adorei...

Andréia Borba Chies disse...

Obrigada Tania!

E, meninas, é preciso que pelo menos tentemos ter essa leveza, não acham? ;)

Bjs!

Sérgio Silva disse...

Ei Déia,
Isso aí...coragem para nos despojarmos. Força para nos intensificar.
Feliz 2014.
Um abraço,
S.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...