terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Vestibular

Um ano antes: começa a tortura de pensar nas quase infinitas possibilidades de curso e de universidade;

Começa o cursinho, o terrorismo das professoras do terceiro ano e dos parentes que querem saber com urgência qual o curso escolhido, como se disso dependesse diretamente o bem estar deles.

Um semestre antes: começa os simulados, vestibulares para treineiros, leitura de notícias da atualidade sob a ameaça de que elas podem cair como tema da redação e a pessoa pode se ferrar muito se não souber o número de dias que os mineiros ficaram soterrados.

Um mês antes: é chegado o prazo final. A pessoa tem que se decidir, é a hora da inscrição. Choro, manha, chantagens emocionais, planos de vender sanduíche natural na praia porque nenhum curso é o ideal.

Chega o dia: acordar em pânico, chegar uma hora antes do horário para garantir que vai chegar. Concentração total, pressão total.

Três dias depois: sai o resultado. E agora???

Essa historinha não é nada fictícia, aconteceu lá em casa. O final da história? Minha filha passou nos dois vestibulares que fez, para engenharia civil. Numa das universidades foi o primeiro lugar!

Mas eu ainda acho que esse não é o final, é o começo.

Renata não cansa de se orgulhar da filha!!!!

3 comentários:

Andréia B. Borba disse...

Oi Rê! Puxa, parabenize sua filhinha que ela merece, viu?
Gente! É incrível ver como o tempo passa... Ela acabou de prestar vestibular... Puxa!
Bjs!
Déia

M.Olive disse...

Ai Rê!
super orgulho de vcs duas =)

Parabéns!!!

Carla disse...

Renata,
Meus parabéns !!
Como é bom ver o encaminhamento deles ...
è isso ...Só o começo !

Beijos

Feliz Natal a todas as meninas do blog.
O cantinho de vocês foi um dos meus primeiros a seguir.

Adoro vir aqui !!

2011 cheio de paz !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...