domingo, 17 de julho de 2011

Da repulsa às coisas mornas


A Menina não gosta de ficar na superfície.
A Menina não gosta de se sentar à margem e mergulhar cuidadosamente os pés na água.
Ou a Menina se deita preguiçosamente sob o Sol para observar a calmaria, ou ela mergulha até o fundo. . .
Coisas mornas causam profunda repulsa à Menina. . .


Este texto, de minha autoria, foi publicado originalmente em meu blog pessoal, o Devaneios.



Déia escreve aos domingos e, a despeito das consequências, sempre mergulha de cabeça em tudo o que faz...

3 comentários:

Selma disse...

Adorei Déia! De fato, coisas mornas não são referências né?. Coisas quentes ou frias nos dão a opção de mudar...Coisas mornas nos deixam acomodados. Igual banho morno que acalma.
Beijos!

Andréia B. Borba disse...

Selma, querida, adorei a comparação com o banho morno...Hehehehe! Bjs! Déia

julianaescreve disse...

Déia, conheci o blog hj e como mulher balzaquiana, gostei muito dos seus dizeres... :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...