domingo, 24 de julho de 2011

VERDADE

Quando alguém, pretensiosamente, diz à Menina: "Eu lhe conheço como a palma da minha mão..." ela limita-se a sorrir sarcástica e a refletir acerca da ingenuidade que é acreditar ser possível conhecer algo ou alguém profundamente.

Conhece-se aquilo que o outro quer que seja conhecido.

Conhece-se a face que o outro deseja mostrar...

Cada qual veste, a cada manhã, a "máscara" que deseja que seja vista pelos demais.

E ante os protestos indignados daqueles que se julgam "100% verdadeiros" a Menina alarga o sorriso e calmamente pergunta: "E o que é a Verdade?"...

...

Déia escreve aos domingos e gostaria de presentear os leitores do blog com um dos mais belos escritos de Drummond:


VERDADE

"A porta da verdade estava aberta,
mas só deixava passar
meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade,
porque a meia pessoa que entrava
só trazia o perfil de meia verdade.
E sua segunda metade
voltava igualmente com meio perfil.
E os meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.
Chegaram ao lugar luminoso
onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em metades
diferentes uma da outra.

Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela.
E carecia optar. Cada um optou conforme
seu capricho, sua ilusão, sua miopia."

(Carlos Drummond de Andrade)

6 comentários:

Sérgio Eustáquio da Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduque-Q disse...

Olá Déia!
Concordo plenamente com a menina. A verdade realmente depende da cor da lente com que olhamos o mundo.
--

Hoje amanheci amarelo. Abri a janela e o mundo também estava amarelo. Amanhã quero acordar azul.
___________________________________

Não fugi do seu(s) blog(s) não viu, só tava apertado com os trequim do meu mestrado. Voltando a vida normal,rsrs.

Um beijo,
S.
--
Visite: http://twitter.com/poemasecontos

Selma Lessa disse...

Eita que texto maravilhoso!
Amei amei amei!
Esse post eu vou fazer questão de imprimir e mostrar pra algumas pessoinhas...
Meninas, eu adoro o blog de vocês!

Andréia B. Borba disse...

Olá Sérgio! Olá Selma!

Sérgio, querido, realmente senti sua falta, mas imaginei que a correria estivesse uma loucura mesmo...
(Idem no que me diz respeito...Hehehehe) Bjs querido!

Selma, querida, que coisa boa que é ler palavras tão carinhosas! Fico imensamente feliz! :-D
Um beijo enorme querida! Déia

Caroll disse...

Realmente o outro conhece o que deixamos ser visto aos seus olhos.
Cada qual com sua verdade.....

Andréia B. Borba disse...

E são tantas as verdades, não é mesmo? ;-)
Bjs querida!
Déia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...