domingo, 31 de julho de 2011

A Menina aprendeu

...E com as lições da dor a Menina aprendeu que os outros só podem lhe ferir quando ela assim o permitir.
Aprendeu, porém, que sempre é possível ferir alguém por descuido e que, por isso, é preciso estar sempre atenta.

A Menina aprendeu, também, que cuidar do sentimento alheio é importante.
Mas que é infinitamente mais importante cuidar dos seus próprios sentimentos.

A Menina aprendeu, por fim, que amar a si própria é que é relevante...


Déia escreve aos domingos e segue aprendendo, juntamente com a Menina...

6 comentários:

Eduque-Q disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduque-Q disse...

Olá Deia! Se não amarmos a nós próprios, como vamos amar alguém de verdade? Quando nos amamos, sabemos o que devemos fazer para quem amamos.
Um beijo,
S.
--
Visite http://twitter.com/poemasecontos

Andréia B. Borba disse...

Pois é, Sérgio, querido, e muitos esquecem que devem amar a si próprios...
Bjs!
Déia

O Guri disse...

Bah, e quem disse que issoé fácil?

O mundo seria muito melhor se eu tivesse uma noção do meu potencial. Queria ser um pouco mais egoísta em relação as pessoas, assim não teria tantos problemas nem ficaria tão confuso assim.

Bejo na bunda da Déia!

http://umgurientregurias.blogspot.com/

LuH disse...

Amar primeiro vem da gente, nos cuidando podemos cuidar...

E deixo-nos dito Nietzsche:

“Ouse conquistar a sí mesmo.”

Bjo querida

Andréia B. Borba disse...

Oi Guri, oi Luh!

Guri, querido, é tudo uma questão de treino. Comece sendo "egoísta" aos pouquinhos e você perceberá que muitas pessoas que estavam próximas a você por simples interesse se afastarão e que aqueles que restaram são as que verdadeiramente importam.

Luh, amada, Nietzsche sabia muito bem como incentir alguém a amar e a valorizar a si próprio.

Beijos queridos!
Déia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...