sábado, 1 de março de 2008

A vida

Há coisas na vida que definitivamente valem à pena ser vividas. Muitas coisas. Momentos de alegria. De solidariedade verdadeira. De pureza. Nascimentos... de pessoas, de sentimentos. De esperança.

Há coisas na vida que vale à pena a gente esperar. Apesar da pressa do dia-a-dia. Apesar do imediatismo. Coisas que só o tempo pode trazer. O crescimento. O aprendizado. A cura. O perdão.

Há coisas na vida que vale à pena lembrar. Na minha vida, os primeiros passos e primeiras palavras da Annie. Todos seus avanços, surpresas, dúvidas e alegrias. Seus sorrisos e suas gargalhadas. Os beijos espontâneos. Os abraços. Tudo.

Há coisas na vida que vale à pena esquecer. Destas não vou falar.

Há coisas na vida que vale à pena criar. Novas formas de ver, de pensar, de fazer. De agir. De expressar.

Há coisas na vida que vale à pena superar. O obstáculo. A dificuldade. A dúvida. O medo. A decepção. A perda. A dor.

Há coisas na vida que vale à pena construir. Amizades. Confiança.

De sonho em sonho.

De vitória em vitória.

De dança em dança.

De sorriso em sorriso.

De lágrima em lágrima.

Construir a vida. Trajetória única, tecida de muitos caminhos e descaminhos, nunca terminada. Sempre em construção.


“Como a vida é muda, como a vida muda.” Carlos Drummond de Andrade.

2 comentários:

Milena disse...

Que texto lindo Rê!
Me emocionei =)

Sisa disse...

Ai Renata, ando toda sentimentalóide esses dias, e justamente hoje pego pra comentar os textos. Tou nessas de avaliar o que vale a pena ser vivido, o que vale a pena ser lembrado... Minha vida tá um furacão... Medo é o que eu mais tenho agora...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...