terça-feira, 4 de março de 2008

Ressonância

Os olhos refletem
O eco
De todo pensamento meu,
De todo sentimento meu,
Tudo
Que não falo
Que guardo
Engasgo.

Arrepio,
No êxtase, choro
Pela arte
Toda ela
Envolve e me leva
Para ela.

Sonho
Com asas.
Pareço perto do céu,
Pareço do céu
Recebo do céu
Chuva fina
Que carrega
Risos de anjos.

Intensa e interior,
Amante e sedenta,
Sabor,
Ânsia,
Intolerância,
Impaciência,
Natural,
Daqui e de lá de longe
Em devaneios.

Conjugada às letras
Faladas
Escritas
Pensadas e sugeridas,
Esquecidas.

Carente e invernal,
Franca e amistosa.
Ressôo aqui...
Ouço
Proparoxítona,
Anjo,
Angélica.


Eis aí Angélica em véspera do 34º aniversário, inspirada a ponto de se dedicar alguns versos. Amanhã é o dia oficial do Brigadeiro. Motivo maior: festejar-me.

4 comentários:

Aline Bahiense disse...

Belos versos!
Feliz aniversário!!
bj

vanandram disse...

Parabéns, Angélica!
Que sua vida seja, toda ela, um lindo poema!
Beijos,
Vanessa.

Milena disse...

Oi Angel!!!
Parabéns!
que você se festeje muito, muito e sempre!
Abraços,
Milena

Sisa disse...

Ai Angel, sou amiga relapsa até no blog! Parabéns atrasado, muitas felicidades e muitos brigadeiros em todos os dias do ano!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...