domingo, 15 de agosto de 2010

Bem conservada...

Dia desses, caminhando pela rua, encontrei uma ex-aluna (que deve estar com, no máximo, uns 14 anos de idade) que, ao me ver, veio logo dizendo, toda empolgada e feliz: “Oiii! Que saudade! Tudo bem? Nossa, profe, como você tá linda! Tá super bem conservada!”.

Gente! Juro que por alguns segundos fiquei assim meio sem ação, sabe? Como se alguma coisa não estivesse se encaixando... Essa frase “como você está bem conservada!” sempre foi minha!!! Como assim alguém olha p/ mim e diz isso?!?

Depois de fazer uma “cara de paisagem” e de sorrir amarelo, resolvi me divertir um pouquinho (Ok eu confesso: às vezes, quando estou sem saber o que dizer ou fazer, lanço mão da ironia e acabo me divertindo bastante). Agradeci o suposto elogio e disse que só estou bem conservada porque sigo à risca um ritual secreto de família, passado de geração em geração.

Ela, claro, insistiu para que eu contasse o tal “ritual” e eu, muito solícita, sussurrei em tom de confissão que, todas as noites, antes de dormir, eu bebo uma colherinha de formol, purinho mesmo.

E esperei a risada da menina. Que não veio. O que veio foi um olhar espantado e uma expressão pensativa. Gelei. Senti até um friozinho na barriga.

Ela então agradeceu por eu ter compartilhado o tal “ritual secreto” e disse que ia à farmácia comprar o tal formol p/ dar de presente de aniversário p/ mãe (!!!).

Morri!

De vergonha pela brincadeira.

De vontade de rir da situação.

E de medo de encontrar a mãe dela algum dia....

E o pior de tudo é que isso realmente aconteceu! Não inventei nadinha.

De agora em diante, se alguém disser que eu estou bem conservada, prometo que só agradecerei e seguirei meu caminho...


Déia escreverá aos domingos, está muito feliz por compartilhar um pouquinho da sua vida com vocês e deseja ardentemente que ninguém resolva beber uma colherinha de formol...


6 comentários:

Renata disse...

Muito bem vinda, Déia!
Adorei o texto! E já falei pra pessoas que durmo no Formol, mas depois dessa não falo mais...
Beijos!

Anônimo disse...

Mesmo não fazendo parte deste, desejo-lhe boas vindas ao Blog, Déia!

Ótimo ler os pensamentos de pessoas que pensam filosoficamente.

Também sou professor de Filosofia e gostaria muito de ler e compartilhar com os seus pensamentos!

Um abraço,
Sérgio

Thaty disse...

hehehehehehe. Adoreiiii
Otimo senso de humor... e olha que pra uma mulher ouvir um "Ta conservada" e quase chamar de corao na lata. kkkkk

Estou te seguindo CLARO. =))

Me faz uma visitinha.
Pedaços do Cotidiano
http://pedacosdomeucotidiano.blogspot.com

Kisses
Thaty

Andréia B. Borba disse...

Renata, Sérgio e Thaty, agradeço o carinho e estarei sempre à disposição de vocês. Um grande beijo!
Déia

Anônimo disse...

Confesso que isso me irrita sabe, sinto-m mas velha do que o que realmente sou. Uma pergunta dessa se faz a uma pessoa de 50 anos sei lá,ou nem se faz. Pois bem queria ter coragem de dar esses tipos de resposta, mas infelizmente fico calada, esses dias uma menina com 6 anos a menos que eu, veio com uma dessa, sinceramente 6 ANOS não são muita coisa né.

Andréia Borba Chies disse...

Ah sim, com certeza, com 6 anos de diferença não dá pra vir com uma pergunta dessas né? :P
hehehehe
Bjo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...