sábado, 30 de agosto de 2008

Coisas que irritam mulheres de quase trinta, de pouco mais que vinte, mestres, mestrandas e biólogas

Gente que:
- conta histórias pela metade, sem informar a fonte;
- não tem pressa nunca;
- se desculpa até por viver;
- fala sobre o nada pra ninguém;
- “cria” intimidade imediatamente, usando apelidinhos segundos depois de lhe conhecer;
- abre o provador enquanto você está experimentando roupa;
- põe catchup na comida (não é unanimidade, mas incomoda a Fran demais);
- vê o lado negativo de tudo;
- reclama o tempo todo;
- vive no seu próprio mundinho, sem consideração pelos outros;
- ouve música no celular sem os fones na rua, no parque, no ônibus...odeio mais ainda se cantar junto;
- fala pra dentro;
- bate os pés e/ou joelhos na sua cadeira;
- sabe tudo;
- nunca tem certeza, nunca tem opinião;
- não ligam o pisca alerta;
- tem auto estima demais ou de menos;
- que se faz de vítima;

Nem só as pessoas entraram nesta lista, também são irritantes:
- mentira;
- narração de futebol;
- mau atendimento;
- dia de cabelo ruim;
- sobrancelhas despenteadas;
- novelas e programas de auditório em geral (exceção pra Oprah e Jô Soares);
- promessas não cumpridas;
- atrasos;
- roupa que “encolhe” e para de servir;
- ouvir a mesma história várias vezes;
- gerundismo.

Esse texto foi começado por mim em um dia de extrema irritação. E a lista tendia a aumentar. Mas foi terminado em uma dia de comemoração pela amiga que passou em segundo lugar na seleção para o mestrado. Parabéns! Com alegria por ela e boa companhia, percebi que a lista nem é tão grande assim, e até rimos de vários desses itens.

Renata está feliz pela amiga e reforçou a idéia de que temos que conjugar com pessoas de quem gostamos e com que nos sentimos bem para deixar a vida mais leve e engraçada.

Um comentário:

Huguinho disse...

Nesta lista, há coisas que não só irritam as mulheres, mas irritam a todos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...