sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Olimpíadas

Ok, eu admito, eu sou do contra. Odeio Olimpíadas. Podem me pregar na cruz. Nunca fui fã de esportes, desde criancinha eu gostava da aula de Matemática e odiava Educação Física. É, eu sempre fui nerdona mesmo. Se era pra galera escolher time, eu sempre era a que sobrava. Não que isso me incomodasse. A única coisa que eu fazia bem na aula de Educação Física era embaçar e fingir pra professora que eu tava participando.

Quando eu era adolescente comecei a gostar de assistir vôlei. Antes dos meninos de ouro, até. Eles jogavam no Banespa, minha irmã assistia os jogos pela TV e eu acompanhava. Pouco depois comecei a me interessar mais por futebol. Na época do Coltec eu às vezes matava aula pra ir pro Mineirinho ver jogo da seleção feminina de vôlei, e todo meu amor ao esporte se resume a isso. Depois que as regras do vôlei mudaram eu comecei a achar meio sem graça, então hoje eu gosto basicamente de futebol. Já pratiquei algumas atividades físicas, e a intenção era sempre perder peso. Nunca pratiquei nada por gostar.

Aí começam as Olimpíadas. Vários dias antes, os jornais são invadidos pelo mesmo assunto. Abre um portal qualquer de notícias da internet? Olimpíadas. Ali, enorme na frente. Quem quer ler sobre qualquer outro assunto precisa procurar. A revista da semana chega, e qual o assunto? Olimpíadas. Ainda nem teve abertura e o que ocupou grande parte do jornal da noite? Olimpíadas.

Depois que eu li sobre as atrocidades que os chineses cometeram contra seu próprio patrimônio cultural pra construir infra-estrutura pras Olimpíadas eu comecei a odiar mais ainda. E mais ainda quando li que estava havendo uma “maquiagem cultural” pra receber os jogos. A única coisa bacana, na minha opinião, é a divulgação das peculiaridades do anfitrião, e de repente isso é disfarçado.

Mas eu sou contra até o povo do contra: li mais um monte de coisa sobre a China também, né, afinal só se fala de China, Olimpíadas, China, Olimpíadas. Falam do Tibete como se as coisas tivessem acontecido anteontem. Antes ninguém queria nem saber de Tibete e tibetanos. Mas agora é chique falar que é contra as Olimpíadas por causa da situação do Tibete. Que situação mesmo? A maioria nem sabe falar. E se bobear acha que começou semana passada. Acabaram as Olimpíadas? Ninguém vai ouvir falar do Tibete.

Agora, pensando no lado esportivo. Vamos combinar que faz tempo que não compete o melhor esportista. Compete quem tem a melhor roupa e os anabolizantes menos detectáveis. Ou você acha que eu acredito que um cara só pode quebrar recordes de 5 ou 6 modalidades de natação por exemplo? Seria o equivalente a ser o melhor em quântica, eletromagnetismo, física estatística, astronomia, física da matéria condensada e blábláblá. O cara pode até esforçar, mas neste caso eu acredito que as medalhas tinham que ir pro engenheiro de materiais que produziu o material do maiô e pro bioquímico que injetou o cara sem exame nenhum pegar. Ah, claro, e pra quem pagou a fortuna que isso custou.

Sei lá, a partir da hora que não vejo esporte como sinônimo de saúde e bem estar (fora as coisas engraçadas que são consideradas esportes, como ping pong, ahahah), pra mim perde o sentido. Nada contra os atletas competirem, só não quero ser enfiada no meio desse frenesi todo quando o máximo que eu suporto é a abertura e aquelas ginásticas que praticamente desafiam a minha física.




Sisa tem certeza que depois de admitir que é sistemática e que odeia Olimpíadas, vai ser eleita a chata do blog essa semana.

6 comentários:

Cahh disse...

Acredita que eu sou igual vc...tbm odeio Olimpiadas...rs.

Acho que sou chata tbm...=/

Mas enfim...pelo menos onde eu moro quando não estão falando nisso começam a perguntar em quem eu vou votar...que também gera uma enorme discussão...¬¬

Parabéns pelo blog.

Beijo.

Renata disse...

Hahahaha!!
Eu voto em ti!!!
Também não curto Olpíadas e nenhum assunto que seja tão intensivamente tratado pela mídia, transformando todas as pessoas em "experts"! Isso me dá arrepios!
Beijos!

Regina disse...

Today I heard as somebody said, "how would sport look like without Olympic Games". I didn't like it because Olympic became the worst part of the sport itself. Since I remember Olympic Games is the symbol of commerce and, as you said, the product of engineers more than athletes itself.

But if we consider when it starts, when sport 'lost' its spirit for this 'artificial' support, then we might notice that it's been almost always like that - e.g. gladiators used barley diet, while at present we start from simple vitamins [do we really need them?!], ... and what about modern sportsman, a modern gladiator - he gets, hm, let gently call it 'a survival package'.

Oh, it would be hard to present here all the sports I did, but let just be those few: basketball [I was even in a team ;)], football, volleyball, rifle shooting, ping-pong [yup, I liked it a lot ;)], and of course chess [no matter what it's said this is also sport ;)], and so on. However this was only for FUN, and I was/am enjoying the sport itself. So when today I'm watching any sport news I do not favour anyone, do not encourage anyone, ... I just enjoy the disciplines itself, for their rules, for athlete's technique (no matter if he win or not), and for this what sport should bring but what is always forgotten - self-realization through sport.

Meantime, I'm impatiently waiting for the WINTER Olympic Games - I love CURLING :) :) :)

PS. Brazil 1-0 Belgium - Congratulation!!! :)

Lekkerding. disse...

Antes eu amava as Olimpíadas. Ainda amo esportes. Mas... Os Jogos, eu não gosto mais.
Eu não vejo mais as Olimpíadas. Todo o espetáculo de cores nas celebrações de abertura e encerramento é lindo, mas remete a tempos distantes, onde as guerras paravam pra que os atletas pudessem provar seu valor.

Hoje as Olimpíadas podem muito bem serem batizadas como "Olimpenis Contest". Os países anfitriões adoram caprichar na celebração e nas medalhas. Não pela competição, não pelo valor do atleta... Só pra mostrar que o deles é maior que o de todo mundo. Guess what? Pra mim são todos microscópicos, flácidos e impotentes...

Ah, eu ainda jogo handebol. E estou torcendo pelas nossas meninas. Mas de longe. Não verei os Jogos...

Laeticia disse...

Ah, eu confesso que gosto de ver a ginástica, mas vejo nos campeonatos também. Independe das Olimpíadas.

Mas estas realmente estão com sabor amargo.

Há tempos eu tento boicotar a China dentro das minhas limitações econômicas, claro, já que infelizmente não capaz de impor um embargo àquela ditadura mascarada. Quer dizer, mascarada não sei pra quem, pois pra mim é escancarada. O cara que peitou o tanque na Praça da Paz Celestial sumiu no mapa. Penso que, ou tá preso, ou morto, ou foi calado mediante ameaças. Crianças de 5, 6 anos trabalhando 12 horas por dia, sete dias por semana, 355 dias por ano. SIM!!! Os chineses têm direito a 10 dias de férias por ano depois de trabalharem quinze anos consecutivos!!! Isto porque a lei mudou recentemente por "pressão" internacional. Que pressãozinha de merda, hein? E eu tentando não consumir coisas "made in China" em vão, porque praticamente tudo que a gente consome tem um pé na República POPULAR da China(e aqui refiro-me ao consumo socialmente aceitável e não consumo de luxo). E o povo lá só levando ferro. Um atrás do outro. E o palhaço do nosso Presidente lá, acenando pra China e fazendo cara de quem não sabe o que rola por lá. Quantas e quantas vezes nossa imprensa não foi calada pelo governo chinês? Certamente nosso Presidente sem dedo aposentado por invalidez que exerce atividade laborativa mas continua recebendo o benefício previdenciário PAGO POR NÓS CONTRIBUINTES não sabe. Até porque, convenhamos, ele nunca sabe é de nada!!

Estas Olimpíadas pra mim significam a legitimação da ditadura chinesa, a aceitação pela comunidade internacional de todas as atrocidades que o governo chinês comete. Significa legitimar o massacre de gerações e gerações que nunca conheceram o sabor da liberdade individual.

O espírito olímpico que vá se danar!!

Gisele Lins disse...

Sisa, se você for ouro na eleição de chata do blog da semana pode me dar a medalha de prata. Prós e contras na balança: eu não tenho a menor paciência para olimpíadas (talvez os jogos de inverno porque fui patinadora e olhe lá...).
Muita calma nessa hora, boa oportunidade para ler e escrever!
Beijocas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...