sábado, 10 de maio de 2008

Maternidade

Uma sementinha no meu ventre. Célula. Células. No silêncio foram, milagrosamente, dando seguimento à dança da vida, suas dobras e desdobras intra-uterinas, coreografia milhões de vezes executada, sempre em pré-estréia, um espetáculo fascinante. O sopro, o choro, o colo. Olho no olho. Pele na pele. Separadas de corpo, mas, para sempre, unidas de alma. As risadas, os passos, os tombos, as perguntas e respostas, o sono, os passeios, as noites (bem e mal) dormidas, as mamadeiras, as brincadeiras... as conquistas, todas. Os sentimentos, todos. As sensações, todas.

Todos os momentos de nossa vida juntas são e sempre serão meu maior presente do Dia das Mães. Ser mãe de uma pessoa tão surpreendente e maravilhosa é uma honra!

Parabéns a todas as mães, só quem é mãe entende mesmo do que eu estou falando!


Renata tem um recadinho: Annie, te amo mais que tudo!

2 comentários:

Anônimo disse...

LINDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
;********************************************************************************************************
[][][][][][][][]

Milena disse...

Lindo mesmo Rê!
hoje vi as fotos da Annie no orkut dela =)
Linda como a mãe!
parabéns pela filhona!
feliz dias das mães =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...