quarta-feira, 21 de maio de 2008

Noite non sense de escolhas na vida de um futuro casal

- O aluguel do salão é o de menos, pelo jeito! Eu esperava que fosse bem mais caro.
- E eu esperava que a decoração fosse bem mais barata. E o aluguel dos copos, então? Se comprar a bebida “casada” eles emprestam os copos, se levar a bebida temos que alugar os copos. Ô gente fuinha! Pior é que parece que fizeram a convenção de “como avacalhar os planos bem intencionados de um casamento modesto, mas divertido”, pois em todo lugar é a mesma coisa. O que custava emprestar os copos? Gente mais esganada, tchê!
- Imagina limitar a festa por horário: quatro horas custa tanto, cinco horas custa tanto a mais. “Bom gente vamos indo que as visitas querem ir dormir agora...”. O jeito vai ser fazer uma festa mais simples pra mais gente, ou fazer uma festa mais sofisticada pra menos gente.
- Mas eu não queria ter que chegar nesta decisão! Nem desistir de casar ao pôr-do-sol só porque mais horas de festa custam muito mais caro!
- Nem eu... Já sei, fazemos um meio-termo! Ao invés de alugar o salão menor alugamos o salão da ilha, que custa quatro vezes mais, mas é mais chique e já vem com dois seguranças. Daí ao invés de pagar um real de aluguel pra cada copo, a gente compra vários daqueles fardinhos com seis, no Um e Noventa e Nove, de cores diversas (afinal é moderno ser low profile e colecionar coisas antigas) e ainda ficamos com os que sobrarem.
- Será que dizer no convite “leve sua marmita” pega mal?
- Pega sim, tenho uma idéia melhor... Alugamos um microondas para cada oito pessoas, mais ou menos. Logo na recepção a pessoa escolhe o sabor do Cup Noodles (fica chique se tiver uns três sabores) e já leva pra mesa. Pode repetir se quiser. Pega menos mal e nós ainda economizamos em garçons.
- Há, tá, achei que o micro era porque tu querias servir pipoca.
- Pipoca é a entrada. Se bem que juntando o Cup Noodles, a pipoca e o aluguel do micro é capaz de já dar para substituir por uns salgadinhos, ou um bufê de cachorro-quente, heim?
- Quem sabe um rabo quente na mesa?
- Mas e a pipoca?
- Tá a fim?


Gisele Lins escreve aqui nas quartas-feiras e anda se divertindo muito com esta história de casar, mas acaba tendo dois problemas: o primeiro é que os dois costumam não saber se é sério ou gozação o que o outro fala (como quando ele riu porque ela queria piscina de bolinhas, pois as fotos ficariam lindas em contraste com o branco – e era de verdade) e o segundo é que o tempo passa e continuam não tendo decidido nada.



6 comentários:

Kats disse...

Casar deve ser o máximo ...
Porém deve rolar toda uma Tensão Pré Casamento ...
Eu moro junto já (famoso estado civil "Amasiado"), inclusive temos uma filha, mas ao contrário de muitos, ainda pretendemos nos casar e fazer uma BIG (talvez nem tão big) festa.
Boa Sorte!
PS.: Estão nos links do meu Blog

Gáábi disse...

" Pega sim, tenho uma idéia melhor... Alugamos um microondas para cada oito pessoas, mais ou menos. Logo na recepção a pessoa escolhe o sabor do Cup Noodles (fica chique se tiver uns três sabores) e já leva pra mesa. Pode repetir se quiser. Pega menos mal e nós ainda economizamos em garçons." essa parte foi demais...quase cai da cadeira de tanto rir...
casar eh tão bunitinho...não desistam por favor =D
(eu nunca tive nem namorado, maaaas jah fui em muuuitos casamentos...e casamento eh realmente bonito)
boa sorte pra vcs =D
beijos

Patrícia disse...

Que tal um casamento tipo "festa americana", "leve sua contribuição"...rrsrs em se tratando de casamento, cada um vai querer levar um prato mega elaborado pra ser considerado o melhor da festa e assim sua mesa vai ficar linda. Ótima idéia para os tempos modernos (e verbas curtas)!
Boa sorte, continue na luta, vai ser tudo lindo (do jeito que for!).
Eu chego lá.. Bjo

Angel disse...

Sinceramente, eu adorei a idéia das pipocas e do cachorro quente. Adoro os dois! A pipoca pode variar de sabor, tem tantas por aí... e cachorro quente é tudo de bom... eu levaria isso tudo muuuuito a sério.

Bjos!

Lyn Monroe disse...

Vejo amigas se descabelando com planos de casamento...
Acho q conseguir manter o bom humor é essencial.

Renata disse...

Putz, Gi!
Agora que te conheci pessoalmente e também conheci o noivo não entendo a dúvida!!
Imagina os dois fazendo um churrasquinho vegetariano, que legal! hehehehe!
Desejo boa sorte e muita serenidade nos preparativos da festa, pois acredito que para o casamento em si vocês já têm mais do que suficiente do que é necessário!
Beijão!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...