sábado, 16 de maio de 2009

Amadurecer

Um dos pontos em se tornar uma pessoa madura é aceitar os outros como eles são, e não como gostaríamos que fossem.

Entretanto, independentemente da nossa compreensão, a situação prossegue sendo frustrante e sempre o será, só que em níveis mais leves a medida que amadurecemos.

A grande questão é aprendermos a trabalhar com a nossa própria expectativa e não nos ressentirmos (tanto) quando não respondidos.

De fato cada um tem suas limitações. Nós temos nossas próprias. E provavelmente desapontamos inúmeras vezes sem nem termos idéia disso.

Tenho percebido uma curva crescente de desenvolvimento neste sentido na minha pessoa. Mas estou ainda tão longe do topo!

Dou muito e inconscientemente espero mais do que deveria.

Quando esses outros fazem parte do seleto grupo de pessoas a quem amo de verdade, lidar com a frustração é bem difícil.

Como perceber que pessoas vitais em nossa vida não parecem ter tanto interesse em nos deixar participar das suas?

Mais especificamente... tenho amigas de infância. Muitos anos há entre nós. Bárbaras influências na minha formação infanto-juvenil. Elos formados que outrora pareciam resistíveis ao tempo, a distância e diferenças socio-culturais.

Não estou mais de corpo presente. Mas sempre de alguma forma perto. Bem perto. Elas participam dos ganhos e perdas, das conquistas e do desenvolvimento da minha filha quase que através de uma lupa.

Recebem fotos, comentários, diários de bordo de viagens.

Não faço a mínima ideia se elas estão de bem com seus namorados, se engravidaram há três meses atrás, se o casamento será em Novembro ou em Dezembro ou se decidiram cursar uma segunda faculdade.

Mal fazem idéia de quão importante seria mostrar a foto da barriguinha crescendo ou a Igreja onde o casamento será celebrado.

E aquele telefonema inesperado com a voz embargada de felicidade quando descobriram que terão uma menina?

Muita história há entre nós e em nome dela tive expectativas de “até que a morte nos separe”, bem como teoricamente uma vez nos disseram ser o matrimônio.

Me questiono porque isso acontece mais com as mulheres do que com os homens. Por quê os homens parecem ser mais amigos quando comparados ao que se passa no mundo feminino? Seria a tal competitividade ou a egocentricidade que fazem que com estejamos tão concentradas em nós mesmas e nas nossas vidas?

Bem, infelizmente a maioria DAS MORTAIS parece achar que amizade só nos serve quando estamos a dividir a sala de aula, os namorados que são amigos ou o bairro onde moramos. Ou seja, apenas situacional .

Estou em uma semana muito irritada com as mulheres e hoje preferiria ter nascido homem!


Lil escreve aqui aos sábados e está tentando lidar com a frustração e o amadurecimento. A falta de fidelidade feminina pode ser uma regra mas ela pensou um dia que aquele era um grupo que fazia parte da exceção!

5 comentários:

Angel disse...

Quando você diz ser a mais pisciana de todas, vejo que é bem verdade. Também sou de Peixes e já vivi muitas frustrações.

Agora vejo que é melhor não esperar das pessoas o que elas não pode e não sabem me dar. Não é fácil, nem quero que interprete isso como um "conselho". Mas é bem mais leve viver quando a expectativa em relação ao outro é menor.

bjo!

Lila disse...

Angel,
Eu tenho a plena consciencia disso por isso estou colocando pra fora.
As vezes e mais facil lidar com as coisas quando os pensamentos nao mais estao somente na cabeca. Quando falamos sobre eles se tornam mais concretos e reais, por isso bem mais facil de processar.
Obrigado!
Bjo.

Mariana disse...

piscianas unidas! to com vc! nao eh nada facil ser uma delas...rsrs...

Huguinho disse...

"A grande questão é aprendermos a trabalhar com a nossa própria expectativa e não nos ressentirmos (tanto) quando não respondidos."

Puxa, aprender a lidar com o que está escrito aí em cima é um dos itens para o desenvolvimento do meu processo de amadurecimento.

Thaysa Ramos disse...

Lila amiga linda!
Nao me ache louca, mais do que eu ja sou! Mas se frustre sim! Faz parte...porem nao posso dizer que e a sensacao mais prazerosa do mundo. Ariana tb tem dessas coisas viu?! E como! Amizade e situacional! Sao nas situacoes que mostramos o tamanho da nossa amizade, compreensao, carinho, respeito...e muito mais!Porem o elo que nos une a um amigo nao e situacional, qdo assim os dois resolvem que sera...entao minha amiga: Nem tudo depende de nos...nem o que e relacionados a nos mesmos...deixa eu parar porque estou escrevendo demais ja...........espero que entenda meu raciocinio confuso e sem medidas em tempos de TPM!!! Xero no coracao amiga!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...