domingo, 24 de maio de 2009

“Simonal: Ninguém Sabe o Duro que Dei” - Vale a Pena Assistir!


Verifricando o que passava nos cinemas da cidade essa semana, vi que o documentário “Simonal: Ninguém Sabe o Duro que Dei” estava em cartaz. Como história sempre me interessa, e ainda mais quando é relativa à música brasileira, resolvi conferir o filme.

Foi uma grata surpresa a qualidade do documentário, o cuidado em ouvir os dois lados da história que levou Wilson Simonal da glória ao esquecimento. Afinal, Simonal era um ídolo das massas na década de 1960 e início de 1970. Aí aconteceu um incidente com seu contador, que foi levado ao DOPS, a pedido do Simonal, por suspeita de roubo, e a classe artística passou a associar Wilson Simonal ao DOPS e à ditadura militar. A partir daí, todos viraram a cara para o artista, que passou décadas esquecido. 

O que o documentário mostra, com muitos depoimentos e com muita propriedade, é que, em períodos de sofrimento, repressão, violência, tende-se a separar o mundo entre o bem e o mal, entre o certo e o errado, e não há meio termo. Assim, se você não se posiciona contra, obrigatoriamente você é a favor. E, numa situação radical como essa, a única coisa que se produz de verdade é intolerância!

Precisamos rever nossos conceitos, observar com calma tudo o que ocorreu na história de nosso país, compreender que, por mais duro que seja, o período militar não foi feito de mocinhos e bandidos, e que mocinhos e bandidos sempre existiram de ambos os lados. Precisamos ser menos intolerantes com a vida, em qualquer época, para evitarmos transtornos e confundirmos democracia com irresponsabilidade! 

Assistam ao filme, sem julgamentos prévios, e prestem atenção ao momento em que vivemos. Vale a pena refletir!

Tania acredita que a história é contada por quem está no poder. E acredita que é preciso ter cuidado com essa história, em qualquer tempo, em qualquer lugar!

3 comentários:

Kellen disse...

Obrigada pela dica!!!
Eu vi o Simoninha e o Max de Castro divulgando o documentário na tv e fiquei curiosa para ver. Agora com o seu comentário, minha curiosidade aumentou ainda mais.
Bjs

andreia bocian disse...

andreia tb acredita que a história é contada por quem está no poder.
mas também acredita q estamos, aos poucos, ficando livres da história oficial, e abertos para encontrarmos a história mais próxima da real (pq a história sempre é contada por alguém...).

Gisele Lins disse...

Não serve só para a história contada, mas para tudo na vida: difícil conseguir enxergar qualquer situação de modo imparcial nestes nossos dias.
Uma beijoca!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...