segunda-feira, 6 de julho de 2009

Tudo o que sonho


E um dia me disseram que sonhos são para serem alcançados, custe o que custar. E presenciei pessoas que o fizeram, se eram felizes já não tinha tanta certeza assim. E refleti sobre minha vida, sobre os sonhos que já alcançei, sobre aqueles que deixei para trás e sobre os que ainda almejava. E percebi que em todos havia algo em comum, pessoas, amigos, amores, família. E compreendi que o custe o que custar é na verdade o que você é capaz de fazer para conservar ao seu lado as pessoas que realmente te importam. Até onde você vai pelos seu sonhos? E respondi sinceramente, que sozinha eu não vou a lugar algum, afinal de que vale um sonho realizado se durante o percurso você deixou para trás aqueles com quem você havia compatilhado tudo? E mais uma vez concordei com um músico que dizia: "sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade".

Muito sonham com dinheiro, provavelmente é o mais comum, sonho com minha casa, os móveis, a decoração, tudo, tin-tin por tin-tin, e, é claro sei que esse sonho implica tambem ter dinheiro, mas sei que nessa casa tem gente, que eu amo e que quero para sempre do meu lado, pois sem essas pessoas a casa se esvaí, fica triste, desolada, infeliz. Aí percebo que a casa pode ser branca, amarela, violeta, desde que essas pessoas estejam ao meu lado, pois o resto é bônus.

2 comentários:

Laeticia disse...

Tenho repetido isso muito. Mas acho que é porque acredito. A vida só se dá pra quem se deu, pra quem amou, pra quem sonhou, pra quem sofreu. Sonhemos. Sonhemos juntos.

Anônimo disse...

Humm... Também sonho muito Silvia e é muito bacana saber que não ando sonhando sozinha por aí. Sonhar só, sonhar acompanhada! Que delícia é poder sonhar e colocar as pessoas o qual amamos dentro deles.

Bjs, Thacia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...