terça-feira, 26 de janeiro de 2010

De repente, 30!

Há uns 2 anos atrás, uma amiga que conheci graças às misteriosas coincidências que deixam a vida mais intrigante, me convidou para escrever neste blog. A proposta vocês conhecem: mulheres na faixa dos 30, de vivências muito diferentes, escrevendo sobre o dia-a-dia, sobre a vida, sobre si mesmas: o nosso divã virtual, onde todas deitamos e nos acalmamos por não sermos as únicas a viver determinada situação ou emoção. Achei a proposta bem legal, mas tive minhas dúvidas... Eu tinha 27 na época e, obviamente, achei que faltavam anos luz para eu chegar aos 30. Aceitei a proposta por amar escrever e hoje escrevo meu último texto antes de trintar.

Esse tempo passou muito rápido e é um pouco perturbador ver o número da sua idade mudar de dezena. Mas é isso, apenas: um número. Sei que números são importantes na vida: 30, 35, primeiro, 163, 1980... Eles lhe enquadram em algumas classes, indicam alguma informação sua, mas não definem quem você é.

Nessas horas você pensa: nossa, quando eu tinha 20 anos podia fazer isso e aquilo e nada me acontecia! Não que tenha mudado neste ano, ou neste mês, ou neste dia, mas é que nestas datas simbólicas presta-se mais atenção nas mudanças.

Então, na próxima sexta-feira serei uma mulher de 30, e percebo que a vida já vem me dando presentes! O mais recente é uma ruga que antes só aparecia na minha testa pra dar um oi! Agora ele será minha eterna companheira! Também ganhei algumas pequenas varizes que agora enfeitarão minhas pernas por um bom tempo! Isso sem falar do quilinhos que chegaram pra ficar, instaladíssimos nos pneuzinhos.

Mas, sem ironias, a vida vem, sim, me presenteando com pessoas, oportunidades, dias de sol, nuvens douradas, chuva no calor, estrelas, banhos de mar, cheiros deliciosos, vento no rosto, risadas, descobertas, frios no estômago, arrepios, sabores, texturas e tantos outros presentes que não dá para enumerar!

A tudo isso sou grata! E sou grata também por “trintar” cercada de pessoas que amo, e com a vida andando de vento em popa!


Renata vai trintar sexta-feira, mas continuará escrevendo aqui todas as terças-feiras.

4 comentários:

Amanda Zanqui disse...

Olá! Vc escreve bem mesmo! Lendo seu post me lembrei que ano que vem faço 30 anos, já estou me preparando psicologicamente rsrs. Acho que as mulheres na casa dos 30 podem não ter mais o corpinho de 20, mas ainda sim continuam lindas e com bônus: muito mais sábias. Beijocas

Anônimo disse...

Rê querida!!
Tão feliz esse texto! Que tu continue admirando tua vida, todos esses presentes são realmente especiais!
Parabéns pelo 30!!
Fran

Gisele Lins disse...

Oi RÊ! Parabéns pelo níver e, agora oficialmente, seja bem vinda ao time das balzacas (parafraseando a Rê: daqui a pouco este blog terá que ser "Drepente40", heim? Hahahaha!)

Um beijão!

Mary disse...

Reanata!!!

Parabéns a você, nesta data querida.

Bem vinda à casa dos trinta (onde habita gente muito legal, pode ter certeza).

Beijos meus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...