sexta-feira, 11 de julho de 2008

As desvantagens de ter um blog

Eu adoro blogs, e particularmente, adoro este blog, que é praticamente um filho pra mim. Adoro ler, comentar, e claro, escrever. Eu sou a única das Mulheres de 30 que escreveu religiosamente toda semana desde que ele nasceu, e ao meu lado só tem a Angel, que nunca furou, mas entrou pra turma umas semaninhas depois da inauguração. Em menos de um ano temos quase 25 mil visitas, no momento que estou escrevendo, e eu adoro quando temos alguma interação com o pessoal que acompanha a gente.

Mas tudo tem as desvantagens, né? Nem estou falando da logística de coordenar e moderar o blog, não. Mas é que todos os amigos dessas Mulheres já conhecem o blog, sendo que alguns acompanham diariamente, outros esporadicamente, mas praticamente todos dão pelo menos uma olhadinha de vez em quando. Então às vezes deixo de escrever alguma coisa, porque sei que, por mais que queira escrever alguma coisa que estou sentindo, eu sei que algum (a) amigo (a) pode se identificar com aquilo e achar que é uma indireta, como aconteceu no caso de um post que eu publiquei sem absolutamente nenhuma segunda intenção, mas que magoou uma amiga muito querida, porque achou que era um recado pra ela. E nunca houve intenção de ser.

Então aquilo que é pra ser nosso divã virtual acaba ficando censurado pelo cuidado de não magoar ninguém, e às vezes também fica censurado porque a gente muitas vezes quer escrever só pra desabafar, mas acaba gerando críticas e comentários que só pioram ao invés de melhorar. Críticas e comentários normalmente via MSN, claro, já que na hora de publicar comentário todo mundo gosta da pose de “Estou aqui pro que você precisar”. E muitas vezes a gente não precisa de nada, só de escrever uma coisa e publicar, pra colocar pra fora alguma coisa que está consumindo. Isso sem contar as ocasiões que eu queria contar alguma coisa no blog, mas acabo segurando, porque uma vez na web, nada nos pertence mais, e as conseqüências podem vir pra quem não escolheu se expor assim.

Este é o lado ruim de uma experiência tão legal como um blog. A gente acaba querendo despejar tudo em cima daquilo que pra gente é uma mistura de divã e diário, mas que não tem nem o segredo garantido pela ética profissional, e nem um cadeado que permita que só uma pessoa para quem a gente dê a chave leia. Mas de longe os benefícios superam este lado ruim, e eu adoro estar aqui!


Sisa adora esse blog, e como vem fazendo há quase um ano, sexta feira que vem estará aqui de novo. Blogar é igual cachaça: depois que a gente começa, não consegue mais largar.



8 comentários:

Lekkerding. disse...

*pose*
Estou aqui pro que você precisar”
o/

Antes eu achava blog coisa de gente doida... Foi influência do Yukismo, ver que não era por aí. E acabei fazendo o S2 Engine, e tô gostando... Só odeio a parte de ninguém comentar - a mesma coisa contigo, o povo lê e buzina no MSN... Pelo amor de Deus comentem! u.u

Eu até tinha esse medo de expor as coisas, mas aos poucos fui perdendo... Em menos de um mês já escrevo o que devo, o que não devo, e afins... hahaha

Beijos

Júlia Rodrigues, Maíra, Bárbara, Fernando, Wander disse...

É blog é bom..mas as vezes não.

Ainda tenho medo de expor minhas idéias meus pensamentos no meu, mas com o tempo penso que vai passar.
A parte ruim é vc entrar e ver : 0 comentários..isso acaba com qualquer um!


ótimo texto...

Júlia

Liz disse...

Oi Sisa, eu as vezes tb fico me censurando quando vou escrever textos. É muito chato. Acho que a gente deve 'se dar' um pouquinho mais de liberdade na hora de escrever. Diga-se 'pagar o foda-se' e quem não gostar deve deixar um comentario AQUI NO BLOG!!!

Do mais, parabéns seu filho ta lindo. Sem a sua determinacao o blog nao teria ido pra frente.
Beijos

Angel disse...

Penso que nem você. Pra mim esse espaço é um divã. É aqui que digo ao mundo se estou assim ou assada.

Mas, às vezes, também engulo algumas palavras ou nomes por receio de magoar alguém... uma pena, porém ossos do ofício.

Bjos!

Amigo descartável! disse...

Oi Sisa
Vc já escreveu sobre mim! Tá certo que você não colocou meu nome, mas quem nós conhecemos vai saber! rs* Mas eu nem liguei, pois acho que censurar o que temos a dizer para uma pessoal é muitas vezes pior. E aquilo foi um dos motivos de eu te procurar depois.
Bjs do seu amigo descartável!!!

Sisa disse...

Meu amigo descartável, digo, reciclado (rs), quando eu te descartei, acredite, não foi uma decisão fácil. Principalmente porque eu vejo que até no meio das suas loucuras (e vc sabe que vc é muito doido, rs), vc sempre foi uma pessoa super correta e decente. E ultimamente gente correta e decente não anda dando sopa por aí, ainda mais sendo também gente boa, rs. Mas chegou um momento que eu me chateei demais. Mas nossa amiga disse que você tinha vontade de retomar o contato, fiquei feliz. No fundo, depois que te reciclei, comecei a achar que ser sua amiga vale mais a pena que nunca. Beijo!

Gisele Lins disse...

Sisa eu achava que tinha perdido uma grande amiga por causa de um texto no blog (que eu pedi para retirar, lembra?), mesmo tendo achado que o texto era uma homenagem à ela quando eu o escrevi. Hoje, quando eu penso nisso sei que o texto foi a gota dágua para colocar pingos nos is e para expressar insatisfações e se não fosse por ele, outro motivo teria nos levado a nos distanciarmos. Guardo um grande carinho por ela e tenho saudades de muitas coisas, mas hoje apenas observo a vida dela correndo paralela à minha, mas por lugares tão diferentes dos meus.
Eu achava que todos que liam um texto pensavam no filtro que se deve usar por não estar ali implícita a emoção, a expressão do rosto da pessoa que "fala", mas não... Blog é uma delícia mesmo, mas corremos seriamente o risco de alguém interpretar muito errado o que a gente quis dizer.
Adorei o post!
Beijão

Geraldo Silverio disse...

Sisa Hoje que encontrei seu Blog, Parabéns!

Eu me identifiquei muito com sua mensagem e realmente quando vou postar algo relativamente intimo sobre mim, eu paro e penso mil vezes antes de escrever (será que devo ou não escrever sobre isso?), na tentativa de não magoar os sentimentos das pessoas. Claro, que no meu caso é diferente porque eu comecei a bloggar recentemente, só que mesmo assim eu me preocupo bastante, rsrs. Mas enfim Sisa, eu vou deixar o link do meu blog abaixo, para você ou demais pessoas que quiserem o visitar. E mais uma vez obrigado por escrever a publicação, e pela compreensão.

Esse é Link do meu blog: www.nomedobloog.wordpress.com

Vai lá? Sinta-se a vontade, rsrs é sempre bom receber visitas, conhecer pessoas diferentes, comentários novos com novas sugestões, críticas construtivas, etc, rsrs.

Aaah e Eu ainda não achei, mas vou continuar procurando o link para eu seguir seu blog, achei o máximo!! Abraços

Estou lhe esperando lá! (...)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...