sábado, 12 de julho de 2008

Intolerância à gente

Uma amiga uma vez me disse: as pessoas não nos decepcionam. A gente é que espera delas coisas que elas não podem ser ou não podem os dar. Sem ter isso claro, acabei me ornando um pouco intolerante. 
Putz, por que essa pessoa tinha que fazer isso? Por que não fez aquilo?
Mas, as pessoas são diferentes. Parece óbvio, mas ter isso em mente quando alguém tem atitudes que você não aceita nem compreende, não é fácil. Ainda mais quando essa pessoa é capaz de discursar vários minutos preciosos sobre o nada!
Bom, o caso é que depois de uma grande e inesperada decepção, finalmente entendi o que minha amiga havia falado: a gente é que espera dos outros o que eles não podem nos dar. Você pode aceitar, pode viver na esperança de que a pessoa mude, pode sair fora...mas sempre tem opção. Ultimamente tenho optado por respirar fundo muitas vezes quando meu lado intolerante aflora e pensar que aquilo é o melhor que a pessoa pode oferecer. 

Renata, cada vez menos intolerante, mas nem por isso mais complacente. 

2 comentários:

júlia disse...

BElo texto Renata!

Vc falou tudo em poucas linhas "muitas vezes esperamos das pessoas o que elas nao podem nos dar!

abraços.

Angel disse...

Hoje sofro menos porque pratico isso há anos. Não dá pra viver de expectativas e culpar o outro por um resultado diferente do que eu sonhei. O segredo é não esperar. É tão difícil isso...

bjo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...