domingo, 27 de julho de 2008

Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu

É. Tem dias em que a gente se sente assim mesmo. Como quem partiu ou morreu. Normalmente acontece quando a gente cai em si e vê que perdeu um pedaço da história, mas não sabe onde, nem como, porque apesar de estar se sentindo como quem partiu ou morreu, na realidade nunca partiu. Sempre esteve ali. Achou que estava presente, achou que estava sendo companheira e de repente, percebe que não foi nada disso. Alguma coisa realmente aconteceu. Mas você não sabe o que, nem como, nem onde, nem quando e muito menos o por quê. Aí, você começa a tentar de todas as formas resgatar o que parece ter ficado pra trás, entender o que se passou, mas não adianta. Bate um desespero, uma agonia, uma dor no peito que nada faz passar. A gente tentar raciocinar, mas há muitos momentos em que o raciocínio dá lugar ao sentimento e aí não tem célula cinzenta que dê jeito. O negócio é ir chorar na cama que é lugar quente. Ou embaixo do chuveiro pras lágrimas rolarem mais soltas, sem inibição. De vez em quando a gente até soluça, respira fundo, mas os olhos não secam. A dor no peito não passa e a impotência massacra a nossa alma. Não há nada que se possa fazer além de simplesmente estar ao alcance do abraço.

Laeticia sabe que esteve sempre presente, mas hoje, por alguns momentos, sentiu-se como quem partiu. Ou morreu.

5 comentários:

Silvia disse...

Não sei o que aconteceu mas espero que passe rápido, e se por acaso for saudade de alguém que não volta mais ou de quem volta eu estou quase de volta, beijos, com saudade, Silvia

Huguinho disse...

Acho que tem certos momentos que tentar entender o passado torna-se algo cansativo. Só que tem momentos que acho que é bom resgatar algo para ajustar o nosso presente para não cairmos nos mesmos erros ou deixar que outras pessoas caiam.

Anna Oh! disse...

A gente é passado, futuro, choro e luta. Todas as emoções simultaneamente e em doses diferentes, que se alternam continuamente.
Belo texto

Renata disse...

Espero que vc já esteja se sentindo novamente viva!
Beijão!!

Marco disse...

"...Eu vim me embora e na hora cantou um passarinho... Vim parando assustado, espantado com as pedras do caminho... êi, essa hora da gente s'imbora é doída..."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...