domingo, 20 de janeiro de 2008

Ciclos

Fiquei uns meses meio perdida, buscando minha verdadeira identidade, minhas verdadeiras aspirações, minhas reais necessidades. Não sei bem como isso começou, nem o porquê. Mas durante esse período a minha sensação predominante era a insatisfação.

E agora tudo passou, da mesma forma que começou, sem eu perceber. Tento entender, mas não consigo. E o engraçado, é que tenho tudo com que sempre sonhei: emprego estável, uma vida bem confortável (sem luxo, mas nunca sonhei com isso mesmo), uma família linda e saudável, um marido presente, tempo para cuidar de mim....

Para quê então querer mais? Essa é a pergunta que não consigo responder. A verdade é que passei um tempo sem enxergar tudo isso, mas ainda bem, agora vejo bem claro na minha frente.

Queria descobrir quem realmente sou, como se eu simplesmente não fosse o que parece. Agora vejo, não tem mistério: certamente não sou exatamente a mesma de 10 anos atrás, mas minha essência é exatamente igual. Poucas coisas mudaram.


O que quero? Pouco mais do que já tenho. Talvez aperfeiçoar o que já faço, melhorar o que já tenho, aproveitar mais. Quais são minhas necessidades? Ah, essas mudam a cada dia, e são justamente elas que dão vida à minha vida....


Aline sabe que o ser humano é imperfeito, mas é justamente a busca pela perfeição que faz os ciclos se completarem, a roda da vida girar.

4 comentários:

Angel disse...

Melhorar sempre nos motiva ao auto conhecimento e melhora nosso dia-a-dia.

Beijos!

Huguinho disse...

Puxa, curti o seu texto e achei a conclusão fenomenal. Concordo com que a moça do comentário anterior disse.

Abraços

Paula disse...

Oi Aline.
Concordo com a Angel. A busca por sempre melhorar, se dentro dos padrões de normalidade (sem magoar, srm passar por cima dos outros, respeitando ética e moral) é muito bem-vinda.
Acho que é da nossa natureza buscar sempre algo mais e não se acomodar.
Adorei muito seu texto!

Sisa disse...

Eu às vezes também tenho essa sensação de insatisfação, e quando ela passa (felizmente sempre passa), eu percebo que tenho tudo, ou até mais do que eu queria. Mas a gente é assim mesmo, se fosse ficar satisfeito o tempo todo, não corria atrás de nada né?
Beijinhos e saudades!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...