segunda-feira, 30 de junho de 2008

Boa noite

Acredito que pra dormir bem, é bom estar com sono… pelo menos um pouco, ou talvez, sem sono, mas com vontade de dormir, tentar não pensar em assuntos sérios também ajuda, se for possível não pensar em nada melhor ainda e outro fator crucial para se dormir bem é estar bem alimentado, diga-se de passagem que bem alimentado não é a mesma coisa que empanturrado até a alma….., pois, usualmente, quando a última situação acontece é quase impossível de se dormir tranquilamente.

Bom mas isso não vem ao caso agora, fato é que ontem fui dormir com fome, fiz de tudo para disfarçar e até driblar minha mente, mas foi difícil. Retrocedendo no tempo; neste final de semana fiquei doente, tive dor de garganta e entrei no antibiótico. Como já era de se esperar a gente fica meio enjoado e sem vontade de fazer nada, então passei o fim de semana em casa, nada produtivo, mas tudo bem, pelo menos hoje estou me sentindo melhor.

Sábado, comi como um passarinho, pois minha garganta não estava auorizando a passagem de alimentos mais substanciais, então fiquei nos líquidos, preferencialmente os quentes, mas no Domingo, já sob o efeito do grandiosíssimo remédio, estava me sentindo melhor, mas ainda assim tomei meu café da manhã e fiquei em casa assistindo DVDs e almocei uma barra de cereais, afinal eu sabia que iria jantar por volta das seis horas.

Conversei com meus pais no telefone até a hora do jantar, eu já estava olhando as horas no relógio, mas a dona da casa vendo que eu iria ficar mais tempo no telefone e que portanto não jantaria com elas, guardou meu prato no fogão, Acredito que para meu alívio…. Quando finalmente me sentei a mesa, lá estava, a mesma papa amarela e marrom que ela havia preparado para mim no meu primeiro jantar aqui…..Ahhhh qual foi a minha surpresa, fiquei aliviada por estar sozinha na mesa, verifiquei os outros pratos e vi que a família havia comido tudo, mas como, como é possível comer aquilo tudo?? Só de mexer um pouco sob um cheiro desagradável, não é pirê de batata nem carne moída, mas algo muito estranho. Para minha salvação haviam ainda no prato umas cenouras, ervilhas e três batatinhas, devorei-as rapidamente, mas o resto, ou seja, os outros dois terços do prato foram pro lixo.

Minha única explicação foi – após três meses aqui é a segunda vez que ela prepara, provavelmente esqueceu que não comi no meu primeiro dia aqui, por que ela é muito atenciosa, então vamos ignorar, o melhor a se fazer agora é não pensar na fome e ir tomar banho, isso, banho! Gastei uma hora aproximadamente entre banho e praparativos para colocar o pijama, é, passei todos os cremes possíveis inimagináveis, hidrantes para o corpo, para o rosto, creme anti-estrias, anti-celulite, perfume, tônico para o rosto, anti-rugas, anti-tudo, cortei as unhas dos pés e das mãos, tentei até fazer a sombrancelha e gastei apenas uma hora.

Fui ler, sim, afinal não eram nem sete e meia da noite, comecei a sentir sono, deitei, o estômago roncou, tomei água, muita água, passou. Meia hora depois, mais um ronco…. Começou a doer, mais um pouco d’água…. Bom aí o resto talvez vocês já imaginem, permaneci deitada por uma duas horas sem pregar os olhos, pensando apenas em comida, é, todas as comidas que gostaria de estar comendo, foi inevitável, não consegui parar de pensar, mas finalmente, após minha orgia gatrônomica mental eu consegi dormir, dormi como uma pedra, abraçada a um calzone de salmão defumado, rúcula e queijo mascarpone.

Silvia escreveu este texto hoje, segunda de manhã, dia seguinte da sua noite insône e após seu café da manhã.

5 comentários:

Júlia Rodrigues, Maíra, Bárbara, Fernando, Wander disse...

Nossa essa insonias sao pessimas.. me identifiquei com seu texto, pois quando chego cansada em casa e com fome bebo litros d'agua!!

otimo texto!!

abraços..Júlia

Sisa disse...

Nossa, eu não aguentaria. Sairia pra fazer uma boquinha com certeza, rs... Quando eu tava na Letônia a Mamma às vezes fazia uns mingaus horrorosos, mas sempre tinha uma opçãozinha, rs... nem que fosse um pãozinho com queijo pra substituir! Bj

Renata disse...

Bah, que situação! Não tem um mac por perto, não? Hehehehe!
beijão! Adorei o texto!

Laeticia disse...

Nossa, se fosse eu, tinha virado o demônio da Tasmânia!! Nada tira mais meu humor que fome!

carla disse...

Menina, vc é muito doida de ir dormir com fome!!! Não há sono que vença!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...