quinta-feira, 26 de junho de 2008

Vê se me esquece

Hoje não vou escrever nada.
Não, não estou sem tempo.
Não, não estou fora da cidade.
Simplesmente não consigo escrever.
Ainda assim, tenho algo a dizer.
Mas vou deixar que os versos de Ana Carolina falem por mim.

Enfim, essa letra é para mim, mas é sobre você.
Você, que não tem idéia do mal que me causou.

Vê Se Me Esquece
Ana Carolina

Vai, vê se me esquece
Tira meu nome da lista de telefone
Vai ver que o mundo anda tão bem
Mesmo eu sem você, eu sem ninguém
Eu vou por aí
Vai se livra de mim
Vai ver que é mesmo assim
Não tem nada de mágoa
O caminho da água também é cheio de pedras
E o rio não pára
Mas não tem nada de rio, de água, de pedra
Não tem explicação

Não tem nada não

Eu vou por aí,
Vai se livra de mim
Vai ver que é mesmo assim
Eu vou seguir a luz dos faróis
Que me lembram seus olhos
Vai ver que eles podem me ajudar a ver
Que não há de ser nada

Que não há de ser nada

Eu vou por aí, eu vou por aí
Pior de tudo é que a gente ainda vai se ver
Ando em ruas que não sei o nome, pra me perder

Milena vai por aí mais uma vez, em algum lugar nesse limbo que há entre o céu e a terra. Sem saber ao certo que direção vai tomar no próximo segundo, tem certeza de que tudo isso vai embora da mesma forma como veio, como em tantas outras vezes. No meio da noite, reza para não restar nada de muito ruim aqui por dentro.

13 comentários:

lezinhalv disse...

É Mi, falou tudo minha querida!
Tem coisas que num tem jeito mesmo, mas tudo passa, é só deixar o tempo agir!
Beijos

Sisa disse...

Mi,
Eu sempre me pergunto por quê tem gente que aparece assim na vida da gente, só pra causar prejuízo e chateação. Quero crer que não é à toa, mas de qualquer forma, espero mesmo que ele te esquece. Quanto a você? Quem sabe perdoar sim, mas esquecer jamais. Não esquecendo a gente veta a entrada desse tipo de porcaria na vida da gente.
Bola pra frente, e a gente sobrevive! Beijos!

Anônimo disse...

:(

Anônimo disse...

e eu me sinto assim:

Lágrimas do Dragão

Por muito tempo até agora
Haviam segredos em minha mente
Por muito tempo até agora
Haviam coisas que eu deveria ter dito ///<-- ou não dito, soh vivido.\\\

Na escuridão
Eu estava cambaleando até a porta
Para encontrar uma razão
Para achar o tempo, o lugar, a hora

Esperando pelo sol de inverno
E pela fria luz do dia
Os nebulosos fantasmas dos medos da infância
A pressão está se formando e eu não consigo me afastar. // <-- :( \\\

(Refrão)
Me jogo para dentro do mar
Libero a onda, deixo ela me lavar
Para encarar o medo, cheguei a acreditar
que as lágrimas do dragão, eram para mim e para você

Onde eu estava
Eu tinha asas que não conseguiam voar
Onde eu estava
Eu tinha lágrimas que não podiam chorar

Minhas emoções
Congeladas num lago congelado
Eu não conseguia senti-las
Até que o gelo começou a se quebrar

Eu não tenho poder sobre isso
Você sabe que eu estou com medo \\ <-- perder um coraçãozinhu e magoar outro//
As paredes que construí estão caindo em pedaços
A água está se movendo, estou sendo levado para longe

(Refrão)
Lentamente eu acordo
Lentamente me levanto
As paredes que construí estão caindo em pedaços
A água está se movendo, estou sendo levado para longe

Tears Of The Dragon (tradução)
Bruce Dickinson

*¢*Carol*¢* disse...

Mas é isso ai Mi...
O Negocio é ir por ai!!!
E se livrar disso tudo!!!
Tem muito mais coisas bonitas e agradaveis q lhe sao de direito!!!

Enjoy all Good Things... U DESERVE IT

BEIJOS e ABRAÇOS!!!

Virginia disse...

Mi, minha querida...
Nesses momentos tristes, lembre das inumeras pessoas que te amam muito e estão dispostas a te dar colo quando você precisar.
Mas uma coisa é certa, o tempo cura tudo e você estará muito melhor depois dessa.
Muitos bjos de longe e se cuida :)

Kimera Kenaun disse...

uh la lá...

qm nunca quis apagar da mente alguém q lhe fez sofrer...né?

se cuida bjão

Laeticia disse...

Milena, confesso que não consigo nem imaginar o que vc está sentindo. Mas receba o meu abraço, porque é sincero e te quer bem.
Beijos, Laeticia

Angel disse...

Oi Mi!

Nesse momento, mais do que em qualquer outro, eu sei e garanto que não há nada melhor que um dia após o outro.

A dor de hoje, amanhã é menor e depois menor e menor. O segredo é paciência, até pra sofrer...


Tudo vai ficar bem!

Beijos!

Carolina disse...

Amiga...
primeiro estou perdida, ao contrário das outras amigas que parecem saber da história, eu não sei o que houve.
em todo caso, preciso te dizer o que vc já sabe, o tempo cura isso... e se não curar é poque não acabou...
o anônimo é ele??
beijos!
espero notícias suas!

Júlia disse...

Oi!!


Estou perdida tbm pois nao sei o qu aconteceu, pelo texto faço um pouco de idéia..mas pense se isso tudo que vc esta sentindo vale a pena, quem nos faz sofrer não nos merece!!

Abraços..desculpe se o que eu falei nao tem nada a ver mas realmente to fora do assunto!

Renata disse...

Mi!

ão concordo que não há que ser nada. Tudo o que a gente vive colabora pra nos tornar que a gente é. Mesmo que na hora da dor a gente queira apagar o que houve, queira uma explicação, queria voltar no tempo e dizer não ao invés de sim...
As marcas que a gente ganha na vida fazem a nossa cara. Mesmo que doa...
Tem um monte de gente que te ama e que sabe que tu vai ficar bem. Quando for a hora.
Abração bem demorado!

Milena disse...

Meus queridos amigos.
Obrigada pelas suas palavras.
Aqueceram muito meu coração nesses dias tenebrosos que passaram.

Agradecimento especial vai para a Lê, sempre disposta a me iniciar na High Society Ourofinense (kkk) e que agora vai ter me aguentar querendo fazer parte da família Veronez (ôôô vontade!), e para a Carol, que mesmo sem saber dos detalhes sentiu que eu precisava era das palavras amigas.

Mas do fundo do meu coração, sintam-se muito abraçadas por mim.

Um grande beijo,
Milena

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...