sábado, 7 de junho de 2008

Quase Morte

Enquanto as meninas se encontravam em Nova Lima, eu fui novamente pra Ilha Grande! Esse foi o motivo da minha ausência no evento, já tava com essa viagem armada faz tempo, não dava pra cancelar.

Pois bem, estava eu feliz e contente na ilha, um verdadeiro paraíso! Lá tem um lugar chamado Saco do Céu, onde o grande lance é ir lá a noite, pois o céu reflete na água de maneira única! Logo na primeira noite resolvi qual era a onda do tal saco…

É lindo mesmo! Na volta, quase chegando na vila, o barco simplesmente bateu numa pedra! Era noite, tudo escuro…nunca tinha navegado a noite. O barco ficou parado muito, muito inclinado para a esquerda e pra cima! Um dos tripulantes foi arremessado na água, era dificil ficar de pé lá dentro. Tentávamos manter a calma, mas confesso que é bem difícil, principalmente pois não sabíamos a real gravidade do acidente.

A vida passa aos olhos como um filme. O medo de morrer foi muito grande. Sei nadar, sou filha de Iemanjá. Estávamos de colete, pedi pra ir pra água… lá me sentiria mais segura do que no barco, ele poderia virar a qualquer momento. Mas a orientação era que permenecessemos no barco e que pedissemos ajuda espiritual pra crença que tivessemos.

No final acabamos conseguindo sair da pedra, depois de muito sufoco! Quando pisamos em terra firme o alívio foi grande, só nesse momento me senti a salvo. Chegando na pousada, um banho quente e só lá a ficha caiu do que tinha acontecido. Chorei muito, de alívio!

Dormi mal, sonhei muito… sonhei com as pessoas que amo. Na manhã seguinte acordei feliz de estar viva, num paraíso e que ainda tinha mais quatro dias pra curtir aquela ilha incrível!


Mariana descobriu que as vida é fragil demais e que no meio do caminho podem sim existir pedras.

6 comentários:

Angel disse...

Vocês estavam bem protegidos abaixo desse céu maravilhoso.
Graças a Deus você está bem!
Engraçado, quando acontece algo assim é que percebemos o quanto podemos ser mais felizes, não é!

Depois conte mais sobre a viagem!

Beijos!

vanandram disse...

Mariana,
Com certeza foram momentos de muita aflição, que somente quem já passou por isso pode imaginar. Bem-vinda, mais uma vez, à vida.
Grande abraço,
Vanessa.

Carla disse...

Afeeee cumádi!!!!

Tem coisas que acontecem para acordarmos para a vida e fazermos as coisas mais felizes!!!!

Que bom que ficou tudo bem!!!!

Amotu!!!!

Gisele Lins disse...

Puxa vida, pelo jeito este feriado foi de quase-morte para muita gente! Nós também nos safamos de uma e compartilho contigo a sensação maravilhosa de estar viva depois de uma dessas. Agradece, guria, agradece muito por nascer de novo para o que (ou quem) quer que tu acredite! Um beijão!

Sisa disse...

Mariana, eu não me lembro de já ter visto a morte de perto (e acho que se já tivesse acontecido eu não me esqueceria, rs). Mas o que eu sempre vejo é que quando as pessoas passam por isso, elas saem da experiência sempre enxergando a vida com outros olhos. Espero que você tenha descoberto que no caminho podem existir pedras, mas que elas sempre podem ser contornadas. Beijos!

Julia disse...

NOssa que sufoco heim,??

MAs graças a Deus vc esta bem!!

abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...