terça-feira, 10 de junho de 2008

Eu choro

Nos últimos meses tenho pensado muito em Zeca Baleiro e na canção “À flor da pele”. Apesar da minha tosquice frente a muitas situações de emoções fortes, choro fácil quando o cansaço me vence. E percebo que “ando tão à flor da pele que qualquer beijo de novela me faz chorar...”

O detalhe interessante desse estado é que não evito essa emoção fácil e, às vezes, sem sentido, porque essas lágrimas me descansam. Claro, não permito que essa situação se desenvolva em pleno dia de trabalho. Seria difícil explicar. Mas fora desse período, eu choro “por tudo se assim for preciso”, (e dá-lhe Fábio Jr.) até descansar. Assumo isso tão claramente porque não temo a sensibilidade e porque sei que essa situação acontece também com mulheres bem próximas a mim. Essa é mais uma das vantagens de ser mulher, não precisamos engolir o choro, afinal mulheres, na visão social e machista, são essencialmente choronas...rsrsrsrs.

Na última sexta chorei de saudade antecipada. Minha amiga Renata está formando na faculdade, um semestre antes de mim, o que significa que me restam seis meses praticamente sozinha, sem alguém que pense como eu ao meu lado. E ela chorou comigo, o que me incentivou ainda mais...

Uns dias antes disso, quase chorei com outra amiga num almoço de recordações familiares e saudade também.

Arrepiei-me e chorei ontem ao ouvir, pelo site, a música Espelho, do DVD de Diogo Nogueira. Tânia, a interpretação é maravilhosa como você disse! E ainda falando em música, emocionaram-me ainda duas canções interpretadas, impecavelmente, por Zizi Possi: “Fly me to the moon” e “Love of my life”.

Sorte minha que o final da novela Duas Caras foi meio chocho. Não foi de chorar... Quem sabe um filme água-com-açúcar... Eu adoro! Quem sabe um bom livro...

Estou ansiosa pelas férias escolares. Nesse período poderei descansar com choro e sem choro e talvez recuperar a resistência àqueles beijos estonteantes de novela, e também colocar no seu devido lugar toda a saudade que guardo aqui comigo.


Angélica chora. E chora mais ainda quando está cansada. Considera o choro saudável principalmente quando estimulado por belas obras de arte, como músicas, por exemplo. Volta na próxima terça.

5 comentários:

Sisa disse...

Angel, eu tenho minhas épocas de chorar até com propaganda de margarina. Choro com beijo de novela, final feliz de filme, história de amor... Choro de saudade, chorei até desidratar quando vim embora de Portugal, enfim, choro por tudo e por nada. Quando escrevi o texto contando de qdo roubaram meu note e eu fiquei chorando na delegacia em Portugal, o delegado, de quem fiquei amiga, comentou no texto que talvez eu chore tanto porque as relações humanas precisam ser regadas. Sabe que essa frase me fez olhar meu choro com outros olhos?
Beijo!

Júlia disse...

Angelica..realmente chorar faz muito bem, lava a alma..nos alivia de muitas coisas!!!

Que bom que vc nao tem vergonha de chorar, ja eu tenho!!!

BElo texto..

beijos!!

Renata disse...

Angel, enquanto te fizer bem chorar, chora amiga....Mas quando começar a pesar, não deixa que o choro te leve pra baixo....passei três anos chorando e percebi que não foi bom, nem normal, nem saudável pra mim. Agora aboli todas as coisas que podem potencialmente me levar ao choro: livros e filmes tristes, músicas....Sei que não é pra sempre e que chorar às vezes é preciso, mas por enquanto eu não choro!
Torço pra que tu fique bem! E tenha um próximo semestre tranquilo e não solitário na facul!
Beijão!!!

Lyn Monroe disse...

Por muito tempo tentei me fazer de forte e segurei todos os meus choros.
Hje eu deixo rolar, e acho totalmente saudável.
Nao resolve, mas ajuda, deixa o peito mais leve pelo menos.

Carla disse...

Já chorei demais, sem motivo e por motivos bobos...

Depois passei muito tempo sem chorar. Me obrigava a engolir as lágrimas quando elas queriam vir.

Hoje choro sim, quando me dá vontade, com ou sem motivo. Alivia a alma. Mas evito chorar perto de alguém, prefiro chorar sozinha.

Adorei o texto!!!!

Fiquei sem minha amiga no último período da faculdade tb. Foi difícil, mas passou rápido. Fique tranquila, vai dar tudo certo!

Bjo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...