quarta-feira, 22 de abril de 2009

Arrepio na nuca

Quer coisa melhor que arrepio na nuca? 

Daqueles de quando imaginamos a cena de algo que queremos muito e ainda não aconteceu. 

De quando encontramos o caminho na estrada, depois de termos nos perdermos. 

De quando, após espera, vemos o rosto da amiga, do amado, do irmão que partiu e agora retorna. 

De quando temos um pressentimento e resolvemos não atravessar a rua, não sair agora, escutando nosso anjo e economizando seu trabalho. 

Daqueles na hora de tomar coragem pra dizer algo muito importante para alguém. 

Daqueles de resultado de prova, de resultado de exame, de resultado qualquer, que tenha sido positivo. 

Daqueles na hora que chega aquele e-mail, em que cada minuto de espera serviu pelo infinito. 

Daqueles da notícia boa que chega de surpresa, do amigo que arrumou um emprego, do que vai ter um bebê ou do bebê que acabou de nascer. 

Daqueles de quando alguém que te abraça no meio da noite, ou de alguém que pegamos nos observando sem querer. 

Arrepio na nuca de beijo no pescoço, respiração afobada, coração acelerado, tesão. 

Quer coisa melhor? 

Gisele Lins escreve aqui às quartas-feiras. Deseja e quer muitos arrepios, para hoje e sempre, para ela e para você.

4 comentários:

Carlinha disse...

Tive até um arrepio na nuca...

E um frio na barriga!!!

Adorei!!! Bjo

Lila disse...

E aquele quando se sabe que a amada amiga vai casar...
;-)

Alessandra Krusciel disse...

Muitos arrepios.. uiiiiiii...

E ai qd vou me arrepiar de te ver por aqui?

beijão, Ale

Grazielle disse...

Fazia tempo que não sentia esse arrepio... até que li o texto. Lindo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...