domingo, 11 de novembro de 2007

A busca da beleza

Hoje, o assunto é: obesidade e perda de peso, associados à beleza do ser humano. Bem, da mulher, pra falar a verdade.

E essa busca da beleza, acabou por valorizar partes específicas do seu corpo. O cabelo, por exemplo, virou um ser individual, para o qual existem diversos produtos que prometem inúmeros resultados. E assim as pernas, os braços, as mãos, os pés, o rosto... cada um com um produtinho revolucionário associado.

A beleza mesmo é um estado de espírito. A pessoa bonita é aquela feliz, bem resolvida, que sabe viver curtindo todos os momentos da vida. Essa pessoa tem os olhos que brilham! A beleza é apenas uma conseqüência!

Mas se você se sentir bem entrando naquela calça 38 esquecida no fundo do armário, ótimo! Entre nela depois de perder uns quilinhos, e se sinta bem! Se sinta feliz com você como um todo, pois somos seres humanos únicos! Nada de neuroses! Afinal, que mulher de trinta não tem celulite?



Fabiana : "Ânsia de vida". É a melhor expressão pra me definir. Eu, que sempre quis rodar o mundo, respirar a vida em cada canto do planeta, viver cada segundo da existência, sem dormir nem descansar. Tenho tendências ciganas, mas estou prestes a me fixar no meu porto seguro, com meu amor, na minha casa. Mesmo assim, prometo continuar vivendo intensamente todos os dias. 24 horas non stop.


3 comentários:

vanandram disse...

O poeta um dia falou: "as feias que me desculpem, mas beleza é fundamental". Acredito estar o poeta, do alto da sua condição de poeta, dizendo exatamente o que você falou, Fafá. É necessário deixarmos vir à tona essa beleza natural, própria de cada uma.
Um sorriso, um gesto, um olhar, sua essência feminina...
Grande abraço,
Vanessa.

Paula disse...

Perfeito seu texto, Fafá!
Beleza não é isto que as pessoas vêem, mas sim como nos sentimos e nos gostamos. O que trazemos dentro de nós.
Beijos.

Sisa disse...

Oi Fafá,
Eu às vezes me sinto feliz gorda, mas isso é sempre exceção. Daí eu me esforço pra perder o excesso só pra ficar feliz, mas sem precisar também virar uma anoréxica. É igual com meus cachinhos... tem época que surto e sou feliz de cabelo enrolado, mas no dia a dia eu sou feliz mesmo é lisa. E como eu sou mais feliz assim, vale a pena correr atrás. Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...