terça-feira, 20 de novembro de 2007

Coisas de Noel...

Estamos quase lá, no Natal!

Logo depois do dia das crianças, quase no dia seguinte, os enfeites de natal já começam a aparecer no comércio, tanto para venda como decorando as lojas e shoppings. É lindo ver aquelas árvores de natal imensas nos shoppings, cada uma decorada de uma forma diferente para atrair as crianças e os pais também. Nesse ano já tem uma árvore que fala com as pessoas, vejam só! Não basta o Papai Noel falar, a árvore também tem de falar, o que será que ela fala? Mas o meu tema de hoje não são as árvores ou a decoração, é o Papai Noel. Ou melhor, aqueles velhinhos, em sua maioria, simpáticos, que se prestam ao papel de Noel todo Natal.

Não deve ser nada fácil encarnar o Noel, principalmente nos shoppings. São, praticamente, dois meses de trabalho intenso, falando a mesma coisa o tempo todo, sorrindo para as fotos o dia inteiro e mais algumas dificuldades que eu imagino:
• será que o bom velhinho tem hora marcada para fazer xixi?
• aquela roupa deve esquentar pra burro!
• deve dar um trabalho danado cultivar uma barba durante todo o ano e, pior, cultivar uma barriga (isso vale para os autênticos);
• não deve ser fácil para o Noel conviver com aquelas belas moças (mamães Noel) usando saias curtinhas e ainda ter de se fingir de “bom velhinho”,
• como será competir com a árvore falante?

Um caso especial é o relacionamento com as crianças. O que fazer quando:
• a criança olha o Noel, berra de pavor e fica 17 min chorando?
• a criança olha o Noel, olha, olha tentando descobrir que bicho é aquele...?
• a criança puxa a barba do Noel e a barba é falsa?
• a criança puxa a barba do Noel e a barba é de verdade?
• a criança diz para o Noel que sabe que ele é Noel “pirata” e não “de verdade”?
• a criança quer que o Noel se sente no colo dela para a próxima foto?
• a criança quer que a mãe dela sente na outra perna do Noel para a terceira foto?
• a criança quer que o Noel peça para a árvore calar a boca?

Enfim, os Noéis de plantão devem ter muuuuuuita história pra contar. Histórias engraçadas, constrangedoras, emocionantes, surpreendentes.... Mesmo que alguns deles não saibam, eles exercem um papel de união, alegria e paz na vida de muita gente que não vive isso durante o resto do ano. E só isso já deve aumentar, e muito, a possibilidade de uma vaguinha no céu daqui uns anos, imagine agüentar uma árvore falando o dia todo... Isso é que é provação!

Angélica observa os Noéis todo Natal. Acha-os simpáticos e pacientes. Claro! Se não fossem não poderiam ocupar o mesmo espaço que a árvore falante.
Escreve aqui às terças.



4 comentários:

Sisa disse...

Ahhh eu odeio decoração natalina (inclusive Papai Noel) antes de 1º de dezembro. Decoração natalina em Outubro, como tem acontecido, só me deixa azeda. Quando chega dezembro aí eu acho tudo lindo, rs...

Mia disse...

Quando eu ainda era a encarregada da árvore de Natal daqui de casa, a gente só arrumava a decoração depois do dia 01 de dezembro. De repente chego em casa hoje de tarde com um saco de manga que ganhei do estágio e me deparo com a casa toda enfeitada, parecendo show room natalino ¬¬ coisas do meu irmão que adora um riquifife rsrsrs

Adoro isso aqui, meo!!
=**

Laeticia disse...

Eu tava sem esperança de conseguir enfeitar a casa esse ano, mas acho que neste findi eu vou conseguir!!

Paula disse...

Risos...
Adorei seu texto, Angélica!
Eu nunca tinha pensado nos "perrengues" que o bom velhinho passa; e olha que eu adoro Natal, mesmo começando no Dia das Crianças!
Também vou enfeitar minha casa este final de semana! Tentei resistir até dezembro, mas desta vez não consegui rs!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...