quarta-feira, 29 de agosto de 2007

A hora de soltar a panela!!!

Certa vez, um urso faminto perambulava pela floresta em busca de alimento. 
A época era de escassez, porém, seu faro aguçado sentiu o cheiro de comida e o conduziu a um acampamento de caçadores.

Ao chegar lá, o urso, percebendo que o acampamento estava vazio, foi até a fogueira, ardendo em brasas, e dela tirou um panelão de comida.

Quando a tina já estava fora da fogueira, o urso a abraçou com toda sua força e enfiou a cabeça dentro dela, devorando tudo.

Enquanto abraçava a panela, começou a perceber algo lhe atingindo. Na verdade, era o calor da tina...
Ele estava sendo queimado nas patas, no peito e por onde mais a panela encostava.
O urso nunca havia experimentado aquela sensação e, então, interpretou as queimaduras pelo seu corpo como uma coisa que queria lhe tirar a comida.
Começou a urrar muito alto. E, quanto mais alto rugia, mais apertava a panela quente contra seu imenso corpo.
Quanto mais a tina quente lhe queimava, mais ele apertava contra o seu corpo e mais alto ainda rugia.
Quando os caçadores chegaram ao acampamento, encontraram o urso recostado a uma árvore próxima à fogueira, segurando a tina de comida.

O urso tinha tantas queimaduras que o fizeram grudar na panela e, seu imenso corpo, mesmo morto, ainda mantinha a expressão de estar rugindo.

Há momentos na vida em que temos que tomar duras decisões e, ás vezes, é tão difícil decidir o melhor caminho. Outras vezes, sabemos o melhor caminho, mas ainda assim insistimos em não tomá-lo, na esperança de que lá na frente haja uma nova rota. A maturidade nos faz ter sentimentos mais intensos, mais fortes, a ver tudo sob um ângulo diferente. Ás vezes é tão difícil perceber (ou aceitar) que é hora de tirar da nossa vida algo que amamos tanto, que cuidamos com tanto carinho.

Em nossa vida, por muitas vezes, abraçamos certas coisas que julgamos ser importantes.
Algumas delas nos fazem gemer de dor, nos queimam por fora e por dentro, emesmo assim, ainda as julgamos importantes.
Temos medo de abandoná-las e esse medo nos coloca numa situação de sofrimento, de desespero.
Apertamos essas coisas contra nossos corações e terminamos derrotados por algo que tanto protegemos, acreditamos e defendemos.

Para que as coisas dêem certo, é necessário reconhecer, em certos momentos,que nem sempre o que parece salvação vai nos dar condições de prosseguir. Devemos sempre procurar a coragem e a visão que o urso não teve para tirar do nosso caminho tudo aquilo que faz nosso coração arder.

Temos que ter coragem pra soltar a panela!!!! Mesmo sendo tão difícil...


Vivian tem 30 anos, é Matemática, atualmente doutoranda em engenharia e tecnologias espaciais e está passando pelo doloroso processo de soltar a panela, depois de ter sido muito queimada.

9 comentários:

Paula disse...

Oi Vivian!
Adorei este seu texto e concordo que temos que abandonar tudo aquilo que nos faz sofrer. Se machuca, não deve ser tão bom assim...
Beijos!

Milena disse...

Assim que alguém descobrir como fazer isso me ensina por favor??
ó_ò

Débora disse...

Vivian,
Muito bom o seu texto! Realmente não é fácil soltar a panela!rs

bjs

Laeticia disse...

É. Eu tb vou querer que alguém me ensine a soltar a panela.

Segura-panelas do Cerrado disse...

E se não for uma panela, mas um conjunto inteiro, com o aparelho e jantar e o faqueiro?

Carla disse...

Oi Vivian, já tinha lido seu texto no nosso e-mail. Maravilhoso!

É difícil soltar a panela, mas necessário e eu estou precisando soltar a minha!

Sisa disse...

Soltei. Doeu, mas soltei. Ainda estou me curando das queimaduras. Ainda fico pensando na panela, morrendo de medo de um dia esquecer que estava queimando e querer agarrar outra...

Angel disse...

A cada dia comemoro mais essa troca de experiências. Que lindo esse texto Vivian!
Fique tranquila, as queimaduras serão somente experiência mais tarde.
Bjos
Angel

ROSANE SILVEIRA disse...

Bom dia mulheres maravilhosas de 30 estava procurando esse texto para oferecer a um amigo e de repente me deparei com o blog de vocês amei tudo o que vi meninas maravilhosas com extremo bom gosto e alto astral virei mais vezes
se puder me visitem tenho um blog de poesias
beijos na alma e no coração
Rosane Silveira
www.rssilveira.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...