segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Reflexões

Anastácia havia, a pouco, terminado mais um relacionamento, mais uma amizade que já não estava sendo mais tão companheira, que já não supria mais suas ânsias e não cabia mais nas suas expectativas; mas mesmo assim o fim sempre era ruim.

Estava passando por aquele momento de luto, onde se enterram momentaneamente os sonhos em conjunto, tenta-se esquecer brevemente os últimos anos e volta-se a olhar apenas para o futuro, novamente só.

No entanto, Anastácia continuava a sonhar e isso a fazia se sentir melhor, se sentir mais ela e menos o outro, mais certa do que queria e do que não queria, mesmo que por vezes estivesse confusa, Anastácia sabia que queria ser feliz primeiro só com ela.

Silvia de ressaca e muito reflexiva.

6 comentários:

Gisele Lins disse...

Anastácia, adorei o seu texto!
Este "ciclo" será que algum dia terá fim?

Um abraço!!!

Paula disse...

Oi Silvia!
Realmente, o fim é sempre sombrio... Mas que bom que Anastácia decidiu se cuidar; pois isso ninguém fará por ela... E este é um novo início, não é?
Muito legal!
Bjs e abs.

Carolina disse...

A coisa mais certa que já ouvi na minha vida e que foi e continua sendo uma grande força: "Não é v erdade que tudo termina; tudo começa".

Sisa disse...

Oi Anastacia!
Pra cada "amizade" jogada fora, espero que voce lembre que tem algumas que sao pra sempre, viu?
Beijinhos

Carla disse...

Sempre, sempre recomeçar... e se reconstruir... e descobrir que o amor está em nós e não nos outros... A dificuldade só faz a vitória ficar ainda mais bela!!!

Boa sorte!!!!

Laeticia disse...

Será? Será? Será que Anastácia resolveu olhar pra dentro de si, dos seus sentimentos mais escondidinhos e nos revelar que também sonha lindos sonhos?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...