terça-feira, 21 de agosto de 2007

Minha opinião sobre uma pancinha masculina

Adoro. O homem ideal tem que passar a impressão que pode sair a qualquer momento da caverna e voltar com um mamute de 300 kgs nas costas. O que não tem nada a ver com barrigas tanquinho, glúteos, bíceps e tríceps bem definidos. Aliás, do meu ponto de vista, esse estilo meio pit boy conta ponto contra. Um adônis musculoso provavelmente passou 2 horas na academia e tomou umas bombas com conhecidos efeitos colaterais. Esses sempre dão aquela coceira atrás da orelha: "Será que é gay?". Gosto é gosto, mas se eu cheguei a pensar isso de um cara, ele já não serve para mim. Nada como a pança fofinha de um homem dionisíaco, que nunca, em hipótese alguma, vai falar: "vamos comer uma salada de folhas e pular a sobremesa". Ou pior: "você precisa dar uma melhorada nesses abdominais." Isso só os purpurinados poderiam falar. O homem forte é masculino e fofinho, dá pra caber dentro dos braços têm pancinha e não se preocupam com a calvície.


Roberta Sant´André: nunca esteve em Rondônia, mas acredita que o estado exista.

6 comentários:

Débora disse...

Muito bom seu texto!!!me diverti ao ler! bjs

Paula disse...

Oi Roberta!
Intencionalmente, você nos chamou atenção para o fato de que o que há por dentro é muito melhor que as aparências. Esta carcaça que nos sustenta envelhece e se modifica, mas nossos corações, nossos pensamentos e nossa liberdade jamais serão tirados de nós! Sem nossa alma, este corpo não é nada!
Perfeito!
Beijos.

Fafá disse...

Ei Roberta!!!

seu texto ficou bacana mesmo! Adorei a parte do homem que nao pula a sobremesa!!! :)

Beijinhos!

Fafá

Aline Bahiense disse...

rsrsrs... legal! Apesar do meu ainda ter barriga de tanquinho ele não se preocupa com a calvíce. O que sempre vai ser importante é o que a pessoa é, não apenas sua aparência.

Laeticia disse...

Ah, Aline! Péricles não conta! Ele é um daqueles felizardos com quem a natureza foi triplamente generosa! E o melhor é que ele não liga mesmo pra calvície hehe

vanandram disse...

Roberta,
mais uma vez me diverti bastante com o seu texto. Gosto do seu estilo bem humorado de falar de coisas do cotidiano, da vida a dois!
Um abraço,
Vanessa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...