quinta-feira, 27 de setembro de 2007

De repente me vi com quase 30

De repente me vi com quase 30, e aí? Como vai minha vida?

Tudo bem que as coisas costumam demorar a acontecer pra mim, tirei carteira de motorista aos 27, esse ano com 28, me matriculei pela primeira vez num curso de inglês e quase três anos depois de formada ainda ganho menos do que um trainee...mas nunca fui de esperar as coisas acontecerem, então por que agora aceito tão passivamente essa vida mais ou menos?

Pois é, resolvi dar um jeito na vida, como está é que não vai mais ficar. Pensei em várias opções, até que um sonho antigo me pareceu uma boa idéia: morar uns tempos no exterior. Não que eu queira ir embora do Brasil, até porque adoro a minha cidade, mas sempre quis conhecer outras culturas, pra mim, isso só era viável pra gente rica, só que parando pra pensar, vi que vários amigos estavam estudando, trabalhando ou até casando no exterior, então não podia ser impossível, comecei a pesquisar e vi que para conseguir um mestrado, já precisaria do inglês fluente, coisa difícil pra quem só começou a estudar agora, mas existe a chance de um intercambio, justamente pra aprender inglês.

O primeiro passo foi descobrir o que o meu namorado ia achar disso tudo, afinal, só de ter alguém pra ir com a gente já é encorajador. Ele adorou a idéia, pois isso também sempre foi um sonho dele.

Agora estamos empolgadíssimos, finalmente me vi com uma meta, há algum tempo já não tinha mais perspectiva de nada. Todos os dias pesquisamos na internet, até um blog ele fez! Já estamos calculando quanto dinheiro precisamos juntar e em quanto tempo. Acho que vamos demorar pelo menos um ano pra embarcar , e enquanto isso, já vou sonhando!!!


Louise está com quase 30 anos mas acha que nunca é tarde pra acordar sonhos que estavam adormecidos

8 comentários:

Danilo da Rocha Alves disse...

Amor, cmo a Sisa disse - nunca é tarde pra sonhar. Sempre é tempo de aprender e crescer. A vida é uma escola...
Pode se dizer que sou o homem dos seus sonhos...rsrsrsrrsrs... ou ao menos estou fazendo parte dele...

bjus...

Sisa disse...

Oi Lu!
Comentário do texto: você sabe que eu sou a primeira a dar a maior força né? Tem que correr atrás mesmo.
Comentário do comentário anterior: Que lindo essa história de homem dos sonhos, Danilo! Rsss... Você vai ver, a gente vai mesmo amolecer essa fera!
Beijos pros dois!

Kimera Kenaun disse...

Nossa, intercâmbio deve ser tudo e bom, né? Boa sorte pra vc! Espero q vc aprenda mto e se divirta...e nunca é tarde mesmo para aprender algo novo ou fazer algo que queremos muito!

bjos!

Paula disse...

Oi Louise!
Até que enfim estreou! Adorei seu texto!
Eu também não conheço outro país e morro de vontade! Vou resolver isso com um doutorado sanduíche rs!
Que bom que você estipulou uma meta; isso é o que nos move! Ainda mais com o namorado do lado! Sonhar a dois é tão bom quanto nossos sonhos mais pessoais!
Beijos.

Fafá disse...

Ei Lu!

Estreiou arrasando, sabia? Adorei o seu texto e a sua idéia de dar um tempo de Brasil um pouquinho. Eu sou suspeita prá falar... :) mas dou o maior apoio!!! Estão pensando em ir prá onde?

Beijinhos e saudades!!

Milena disse...

Ai que emoção!
Também dou o maior apoio pra todo mundo que se aventura, que mergulha, que sonha!
Muita sorte na empreitada!

Liz disse...

Oba, tomara que vcs venham estudar ingles na Inglaterra e nao nos USA ou Australia haha. Pois da Inglaterra até aqui da menos q três horas de voo.

Vou ficar torcendo. É sempre muito bom ter um objetivo na vida, mesmo que seja uma coisa dificil... tem q tentar. Vale a pena. Tenho certeza q vao conseguir.

Laeticia disse...

Aproveita, Louise, porque sua vida vai ganhar mais um marco!! A oportunidade de fazer intercâmbio foi um dos maiores presentes que a vida me deu. Foi quando eu aprendi realmente a ser gente. E que ser gente exige o exercício diário de olhar sempre ao seu redor pra ver que ainda não se tornou gente o suficiente e continuar tentando :-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...