domingo, 23 de setembro de 2007

Medidas Reais

Os Tamanhos variam conforme o grau de envolvimento...

Uma pessoa é enorme para ti, quando fala do que leu e viveu, quando te trata com carinho e respeito, quando te olha nos olhos e sorri .

É pequena para ti quando só pensa em si mesma, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade, o carinho, o respeito, o zelo e até mesmo o amor...

Uma pessoa é gigante para ti quando se interessa pela tua vida, quando procura alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto contigo. E pequena quando se desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas.

Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande.

Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos.

O nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações.

Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente torna-se mais uma.

O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande... é a sua sensibilidade, sem tamanho...

Texto creditado a William Shakespeare, que encontrei na net, e gostei muito...


Aline é professora de educação física e mãe em tempo integral, veterinária não atuante... Fiz trinta anos em 2006. Casada, dois filhos lindos (claro!!!! rsrs). Adoro contemplar o mundo e perceber que existe esperança, beleza, alegrias.

4 comentários:

Sisa disse...

Aline, quando eu li seu texto, a primeira lembrança que tive foi de uma amiga, que era um gigante na minha vida, e no momento que eu mais precisei encolheu tanto, mas tanto, que hoje eu mal mal a consigo enxergar. Triste? Sim. Mas mais triste do que enxergar a pessoa diminuir, é ter a vida inteira a ilusão de que o tamanho dela é outro...

vanandram disse...

Aline,
interessante o texto. A mensagem que ele nos passa é muito profunda.Penso que devemos estar sempre atentos com relação às nossas atitudes, não é mesmo?!
Um grande abraço,
Vanessa.

Paula disse...

Eu tento não julgar, sabe? Estou tentando substituir esta ação por me colocar no lugar da pessoa... Senão minhas medidas podem ser influenciadas. Mas ainda assim sei que escorrego bastante.
Gostei mesmo da mensagem do texto!
Beijos.

Naiara disse...

Oi Aline,sou aluna da Vanessa,
adorei o texto,com certeza as pessoas dependendo das suas atitudes "agigantam" ou "encolhem"
nos faz refletir muito!
bjo
naiara
=]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...