terça-feira, 2 de outubro de 2007

Atendendo a Pedidos!!!

Eu ia pedir aos leitores do blog mil desculpas pela minha verborréia da semana passada e por não ter, na hora da raiva – acreditem, eu estava possuída de raiva -, conseguido traduzir adequadamente minha indignação pra uma linguagem mais palatável, mas as Mulheres de Trinta me dissuadiram, afinal, a idéia do blog é cada uma escrever justamente sobre o que está sentindo, da forma que achar melhor.

Só que rapadura é doce, mas não é mole não!!

As cruéis Mulheres de Trinta, apesar de reafirmarem a essência do blog, logo que eu concordei em não formular um pedido público de desculpas, ignoraram solenemente meu constrangimento e, amigas que são, começaram a tirar o maior sarro da minha cara. Foram piadinhas e mais piadinhas, afinal, perde-se a amiga, mas não se perde a piada!! A moderadora do blog – que coincidentemente é minha irmã (a intimidade definitivamente gera o abuso) – foi a primeira a sugerir que cada uma mandasse uma piadinha de advogado pra publicarem na próxima terça-feira que é hoje.

Pois bem! Decidi atender aos pedidos! Afinal, a vida com bom humor é muito mais leve!! Aí vão mais algumas piadinhas infames como as que usaram pra fazer chacota da minha cara. Mas que são uma injustiça comigo, ah, isso são!!


Você sabe como salvar cinco advogados que estão se afogando?
R: Não. Ótimo!

Porque cobras não picam advogados?
R: Ética profissional.

Como você chama quinhentos advogados no fundo do oceano?
R: Um bom começo.

O que é preto, marrom e fica bem em um advogado?
R: Um dobermann.

Por que os advogados não vão à praia?
R: Para os gatos não enterrarem eles.

Como foi inventado o fio de prata?
R: Dois advogados brigando por uma moeda.

Qual a diferença entre um advogado e um peixe-gato?
R: Um vive nas profundezas se alimentando de lixo, o outro é um peixe.

Qual a diferença entre um advogado e uma sanguessuga?
R: A sanguessuga irá embora quando sua vítima morrer.

O que você tem quando cruza um advogado com um bibliotecário?
R: Toda a informação que precisa - mas você não vai entender uma palavra do que ele disser.

Qual a diferença entre um advogado e uma cebola?
R: Você chora quando mete a faca em uma cebola.

Dois homens caminhavam em um cemitério quando um deles leu em uma lápide: "Aqui jaz um homem honesto e advogado competente."
E comentou com o amigo:
- Desde quando estão enterrando duas pessoas juntas numa mesma cova?

Boas notícias: Um ônibus de advogados caiu de um penhasco. Não houve sobreviventes.
Más notícias : Havia três cadeiras vazias.

Um advogado morre e pede em seu testamento que cada um de seus três sócios jogue 50 reais dentro de seu túmulo na hora do enterro. O primeiro pensa muito, tira uma nota de 50 reais da carteira e a joga na cova. O segundo reluta bastante, mas também joga uma nota de 50 reais. O terceiro recolhe as duas notas de 50 e joga um cheque de 150 reais na cova.


Laeticia realmente sofre de bom humor crônico e acredita que a capacidade de rir de si mesma, mesmo em situações difíceis, faz bem pra saúde, pra pele e pro cabelo. Escreve aqui às terças-feiras e às vezes (sempre) devora quilos de chocolate pra facilitar o riso.

9 comentários:

Kimera Kenaun disse...

por isso q qdo no colégio o pessoal dizia q ía fazer direito eu dizia "sou mais o esquerdo"...

mto boas as piadas!

qqr dia vc aposenta a tribuna e se dedica ao tablado!

bjobjo

Paula disse...

Muito divertido!
Este seu humor é realmente admirável, Laeticia! Achei o máximo levar na brincadeira todas nós atormentando você!
Seu texto da semana passada eu gostei, verdade!
E este está muito engraçado!
Beijos!

Sisa disse...

Advogado bom é advogado morto. Menos minha irmã, of course.

Aline Bahiense disse...

A essência do trabalho de um bom advogado é, ao meu ver, linda e muito importante. Tirando a linguagem rebuscada, que assim como fazem pedagogos, deixam á margem muitos cidadãos, não tenho mesmo nenhuma piadinha...
bjs

vanandram disse...

Ei, Laeticia!
Bobagem, deixe a palavra fluir...
Me desculpe, mas não tive como não rir das piadinhas!!!
Beijo grande,
Vanessa.

Angel disse...

Mandou bem com o bom humor, Maria! Com certeza vc é uma advogada especial, sabe a hora certa de rir de si mesma.
Bjos

JHOW JHOW disse...

HEHE, MUITO ENGRAÇADO...

SE A VIDA FOSSE VISTA POR TODOS COM UM BOM HUMOR, SERÍAMOS CAPAZES (generalizando) DE TORNAR ESSE MUNDO EXCELENTE.

Andréa disse...

Laeticia,

Não sei se ri mais das piadinhas ou da advogada ter que publicá-las aqui!!! Muito cômico!

Minha irmã também é advogada. Vou ter que falar pra ela ler este seu post. Divertidíssimo.

Parabéns a você pelo super bom humor. Torço pra que minha filhinha Letícia seja assim também. Será que é mal do nome? rsrsrs :)

Louise disse...

Morri de rir das piadas!!!
Adoro esse bom humor que você tem em qualquer situação, parabéns!!!
Beijão!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...