terça-feira, 2 de outubro de 2007

Ame Além

Ame pai, mãe,
tia e vizinha.
Cão, pato, coruja.
Ame você antes deles todos.

Ame buzina, alarme, sino.
Berro, torcida, canto.
Ame o silêncio, que é curto.

Ame água, fogo.
Terra, ar, deserto, mar.
Ame a flor que ganhou.

Ame doce, azedo,
amargo, choco.
Picante, salgado, ácido.
Ame o gosto da fome morta.

Ame, portanto
enquanto e tanto
quanto alcançar.

Ame emoção,
olhos marejados,
abraço de saudade,
mãos dadas, surpresas,
declarações...

Ame Além!
É você mais perto de Deus!


Angélica ama muito, mais do que deveria. Admira os poetas e às vezes tenta escrever como eles. Porém é pura inspiração enquanto eles brilham em inspiração/transpiração. Quem sabe um dia se torne um deles! Escreve aqui às terças.



5 comentários:

Sisa disse...

Ai Angel... Decididamente sou igual a você. Haja amor pra gente, hein?

Paula disse...

Oi Angel!
Que legal seu poema! Gostei!
Ah, só uma coisinha: não existe limite para o amor. Quem ama mais, decididamente é mais feliz! Tem sentimento melhor que esse?
Beijos!

vanandram disse...

Oi, Angel!
Lindo poema!Também sou dessas que amam demais e muito, muito, feliz!!!
Um abraço, Vanessa.

Laeticia disse...

Tô com a sensação de que sou uma pedra...

Maria de Fátima disse...

O amor... Sempre o amor...
E como o sentimos, não é mesmo???
Mas como também é renúncia (às vezes não podemos ou não devemos nos entregar a ele), vamos seguindo em frente.
Beijos
Fátima

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...