domingo, 28 de outubro de 2007

Colocando a cabeça em ordem

Nossa mente é capaz de grandes viagens. A quantidade de pensamentos que se misturam a todo momento é incrível. Imaginamos soluções, situações, variações, tantas coisas que de vez em quando é preciso parar e analisar para colocar tudo em ordem. Uma catarse para evitar que os pensamentos nos levem para uma realidade inexistente, um mundo obscuro criado pela nossa própria imaginação.

A forma mais gratificante e eficiente de se fazer uma comunicação com o mundo real, e evitar neuras, é através de conversas com outras pessoas. De preferência os amigos, a família. E a correria dos dias atuais dificulta essas conversas tão essenciais. Cadê o tempo pra se jogar conversa fora?

Enquanto isso minhocas começam a proliferar em terras férteis de pensamentos que voam longe.

Agora recorreremos a quem tem tempo pra nos ouvir, mesmo que se tenha que pagar caro para isso: viva os psicoterapêutas e psicólogos de plantão!


Aline: Professora de educação física e mãe em tempo integral, veterinária não atuante... Fiz trinta anos em 2006. Casada, dois filhos lindos (claro!!!! rsrs). Adoro contemplar o mundo e perceber que existe esperança, beleza, alegrias.

5 comentários:

Sisa disse...

Oi Aline,
Mais importante que falar é saber que se está falando com quem está ouvindo. Obrigada pelos seus preciosos minutos de ontem. Como te disse, alguns assuntos são muito bons de falar sem ouvir censura em troca. Beijos.

Angel disse...

Aline, estou vivendo isso. Precisando conversar e com quem? O tempo para os amigos é cada dia mais curto. Realmente muitas minhocas estavam aqui dentro dando muitos filhotinhos. E como disse, bem, Sisa, sabemos que ouvidos sabem ouvir, mas nem sempre eles estão disponíveis.

Ai que vontade de ter dinheiro para um bom psicoterapeuta.

Beijos!

Bel Méo disse...

o bom e velho desabafo...

boa sorte ^_^

beijos

Milena disse...

Vamos fazer um abaixo assinado para o tempo voltar a ser abundante?
quero muito jogar conversa fora!

Paula disse...

Aline, eu fiz análise por um ano e meio e posso garantir: nada substitui a boa e velha conversa com a mãe, o marido, uma amiga ou amigo, mesma que seja uma conversa de 5 minutinhos! Parei porque a sensação de pagar alguém para me ouvir estava me matando!
Agora, ando valorizando mais o pouquinho de tempo que tenho para conversar com os amigos e com minha família. Estou bem melhor!
Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...