sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

2007

Todo ano é a mesma coisa, por mais que o ano tenha sido legal, eu sempre de bom grado dou Adeus, Ano Velho, Feliz Ano Novo. Mas este ano vai ser diferente. 2007 foi um ano delicioso. Com algumas dificuldades, alguns problemas, mas delicioso. A parte difícil foi ficar longe dos meus amigos e da minha família, além de ver terminar um relacionamento que eu pensava que era pra sempre.

Mas o lado bom foi muito, muito mais significativo. Com essa minha viagem pra Portugal, eu me redescobri profissionalmente. Retomei o gosto pela minha área. Conheci mais pessoas que trabalham nisso, acreditam e deram certo. Tive mais certeza do que nunca que quero mesmo estar o resto da vida dentro de uma sala de aula. Me questionei mais, me frustrei achando que poderia estar mais preparada, analisei meu preparo e vi que não estou tão mal assim (embora melhorar nunca seja demais), e acho que amadureci bastante profissionalmente, pelo menos no sentido de me enxergar melhor como a profissional que quero ser.
Conheci muita gente nova, fiz amigos portugueses que vão estar pra sempre no meu coração. Muitos deles talvez não tenham tido idéia de como uma atitude normal, do dia a dia deles, pode ter me ajudado. Tentei absorver o máximo da cultura deles, aprendi a amar o sotaque, as músicas, tudo. Entendi mais sobre minha própria herança cultural vendo o dia a dia deles. Me apaixonei mais do que nunca pela minha língua, vendo como ela é no seu berço.

Tive este ano a possibilidade de viajar bastante, conhecer muitos lugares legais, rever muita gente (inclusive minha família leta)... Matei tanta saudade que nem sei como vivi tanto tempo sem abraçar essas pessoas. Conheci as vidas novas de amigos que moram longe, vi as pessoas constituindo família, vi todo mundo amadurecendo e se tornando pessoas melhores com o passar do tempo.


Assim, acho que 2007 foi um ano muito, muito bom mesmo. As delícias que o ano trouxe foram bem maiores do que as pedras do caminho. Assim, se eu pudesse pedir alguma coisa, seria pro restinho do ano passar bem devagarzinho, pra eu poder me deliciar ao máximo com os últimos segundos deste ano que foi maravilhoso. E depois que ele passar, que venha 2008, quando eu vou voltar pro meu habitat natural e retomar minha vida, não do ponto que parei, mas de um ponto bem mais adiantado do que eu poderia desejar.


Sisa adorou 2007, e espera que 2008 seja muito, muito melhor pra todo mundo.

3 comentários:

Camilla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilla disse...

Hum. Identifico com você quanto a parte que disse que terminou um relacionamento que pensou que era para sempre. Eu também. Isso dói muito. Mas estou me recuperando.

Portugal, tbm tenho curiosidade em conhecer!

Angel disse...

Oi chefe!
Espero que 2008 seja maravilhoso para você e todas nós.
Também gostei de 2007, estou cada dia com uma visão mais clara de mim e do mundo sem perder meus sonhos, é claro.
Que em 2008 possamos estreitar nossa amizade.

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...