quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Como eu gosto de Natal!

Se tem uma época do ano que eu gosto muito é o mês de dezembro. As árvores, as luzes, os enfeites, a correria e até a loucura das compras colaboram para que este seja o meu mês favorito. Mas sabe do que mais gosto? Não, não é dos presentes (ei, não sou hipócrita, eu gosto de presentes sim). Eu gosto realmente do espírito, da boa energia que envolve este período.

Embora exista uma agitação exponencialmente crescente com a proximidade das festas de fim de ano, percebo as pessoas mais felizes, mais sorridentes, mais generosas, mais humanas. Elas encontram tempo para se preocupar consigo e com o próximo (ou não tão próximo); para se reunir com os amigos e aproveitar a companhia de cada um deles (um verdadeiro presente da vida); e também para resgatar coisas boas que deixaram para trás.

Acho que este espírito podia permanecer no coração das pessoas nos outros onze meses do ano. É uma pena que hiberne tanto... Eu procuro, desde que descobri a razão de gostar tanto do Natal, manter estes sentimentos ativos, embora nem sempre consiga. Cuido da minha família, que cuida de mim; tenho partilhado mais minha vida com os amigos e me interessado mais pela deles; tento ser mais generosa (palavra complicada esta, envolve uma série de fatores e merece um texto só para ela); e estou tentando ser feliz sem razão, apenas pelo fato de poder estampar um sorriso sincero no rosto.

Mas voltando ao Natal: não poderia deixar de falar da casa da minha mãe! Eu adoro o Natal na casa dela e, mesmo havendo poucas pessoas no nosso Natal, tenho a certeza de que lá estou ao lado das que amo e das que me amam também. E este é o principal motivo para estarmos juntos. Ah sim, existem outros! A casa fica tão enfeitada e ao mesmo tempo harmoniosa que me pergunto se um dia conseguirei fazer a minha assim também. Não tem o tradicional peru, que ninguém gosta, mas a bacalhoada e o doce de abóbora com queijo minas são insuperáveis. Fora a árvore e todos os outros enfeites luminosos e luzes, acesos desde a manhã do dia 24 até a noite do dia 25. Este é, sem dúvida, o melhor Natal do mundo!

Estou contando os dias para sexta-feira chegar e eu ir para lá!

Feliz Natal para todos!


Paula adora as pessoas no mês de dezembro e tudo mais que o envolve. Não consegue reproduzir tudinho no decorrer do ano, mas tem a sorte de conviver com pessoas especiais que fazem de um dia normal dia de festa!



4 comentários:

Aline Bahiense disse...

Oi Paula,
sempre leio seus textos e a-d-o-r-o todos. Também gosto muito dessa época do ano, parece que podemos nos renovar e nos purificar. Confesso que já entrei mais no espírito natalino do que tenho feito nos últimos anos, mas estou disposta a recuperar essa deliciosa emoção.
bjs

Angel disse...

Oi Paula!
Também gosto de Natal. Gostaria que tivesse uma grande reunião aqui em casa mas isso nunca aconteceu. Sempre vamos para a casa de outra pessoa.

Mas concordo que as pessoas ficam mais sorridentes e amistosas. E isso é ótimo. Temos realmente de tentar contagiar todos os outros meses com essa energia.
Beijos!

vanandram disse...

Ei, Paula!
Que bacana, como vc também AMO o Natal!Hoje finalmente entrei de férias e vou poder curtir tudo do jeito que eu gosto (até o corre corre das compras eu curto!)
Bjs e feliz Natal para vc também!
Vanessa.

Sisa disse...

Oi Paula!
Eu tambem amo Natal. Nossa familia sempre comemorou so o dia 25 na casa da minha vo, mas de uns anos pra ca comecamos a fazer alguma coisa em casa no dia 24 e os dois ultimos anos teve mega evento (ahhh ontem tambem, mas eu nao estava la, rs). ADORO!
Beijos, Feliz Natal!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...