segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Nomes no tempo


É impressionante como nossas influências podem ser percebidas ao longo do tempo através de cada mudança no comportamento, na cultura, na moda, na música, nas artes, e até nos nomes. Infelizmente, no caso dos nomes, a atualidade herdou a sofrível herança americana adaptada às nossas circunstâncias sociais.

Se até o século XIX, no caso específico do Brasil, os nomes eram quase sempre de influência portuguesa, como Maria, Manoel, Antônio, Ana, entre outros, após o início da Era do Rádio, no século XX, as pessoas passaram a ser registradas com nomes de influência da América Espanhola, influenciadas pelas novelas cubanas, venezuelanas, etc. Assim, até os anos 60 do século passado, muitas pessoas possuíam nomes duplos, bem característicos daquelas novelas. Eram homens de nome Rodrigo Otávio, Paulo Roberto, Francisco Arnaldo, José Maurício; e mulheres como Maria Dolores, Ana Francisca, Maria Antônia, Paula Cristina. Mesmo meu nome é duplo, ainda resquícios dessa influência. Confesso que preferia que fosse um só nome seguido dos sobrenomes. Para mim, isso sim é nome próprio. Mas deixa pra lá.

De todo jeito, o pior veio depois, com a televisão e os filmes e seriados norte-americanos que invadiram a vida dos brasileiros, principalmente a partir da década de 70. Como as pessoas mais humildes mal sabiam escrever nomes na língua Portuguesa, a coisa ficou terrível. Eram nomes como Uóchinton da Silva, Welerson dos Santos, Dienifer Almeida, Jaqueline Oliveira, Wanderson Lima, entre tantos outros que entraram para nosso folclore!

A popularização dos meios de comunicação de massa, como a televisão, e a intensificação da mídia de massa, deu aos nossos brasileiros Leide Daiane de Carvalho, Bil Clinton Araújo, Jon Lenon Ribeiro, e por aí vai. Hoje quase não temos nomes únicos, comuns, latinos e lindos, como Ana, Maria, Clara, João, Antônio, José.

Por sorte, pessoas mais esclarecidas, aparentemente já perceberam isso e começam a mudar os costumes novamente. Fora das classes populares, que ainda optam por nomes semi-americanos, a classe média batiza seus filhos com nomes simples, e bem mais bonitos. Tomara que estas últimas passem logo a influenciar as camadas mais desfavorecidas economicamente, para que essa época de nomes famosos internacionais com sobrenomes tipicamente brasileiro-portugueses passe a ser somente a lembrança de um tempo ruim (em que a cultura de massa dominava as mentes populares como hipnose) que passou...


Tania é crítica demais. Também é psicótica com o tempo, e por isso escreve tanto comparando o ontem com o hoje. Ela não gosta da moda, e é tão esquisita quanto os textos que produz.


5 comentários:

Luciana Carvalho disse...

Tania, trabalho em uma escola localizada em um dos bairros mais carentes de SP, e por conta disso vejo várias versões desses nomes americanizados, uns dez tipos de Jeniffers, Jonhatans, Willians, o negócio é triste e o pior que não é só não saber escrever, a maioria tbém não sabe pronunciar o nome dos próprios filhos.
Bjs

Angel disse...

Oi Tânia!
Eu adoro o nome Ana. É simples e doce. Não sei de onde vem Catarina, mas gosto também.

Ah, meu nome também é composto, pra homenagear vovó, rs! Coisas de família...
Beijos!

Laeticia disse...

Tenho uma colega que ficou com um cara chamado Niu. E foi ficando com ele e nada de pensar no nome do rapaz até ele falar: nossa, Arlene é diferente, né? E ela: e Niu? E ele: não é simplesmente Niu, é Niu Armonstrong!!

Sisa disse...

Nossa, uma vez foi uma coisa constrangedora. Cheguei em casa e uma das colegas de apto falou "Te ligou um cara com nome estranho, não lembro qual". Passei e revista todos meus amigos de nome estranho, fui perguntando até que ela falou "É esse!". Liguei pro cara e ele disse "Nossa, mas essa sua amiga tem nome esquisito demais!" Aí eu apelei. Um sujo e falando do outro mal lavado, rs. Ainda bem que eu chamo Maria!

Paula disse...

Olha que coincidência: assim como a Angel, meus dois nomes são homenagens às vovós!
Mas assim como você Tânia, eu preferia que fosse um só. E tenho agradecido o resgate dos nomes verdadeiramente bonitos e com sonoridade agradável!
Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...