sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Férias!!!

Bom, o texto de hoje não é exatamente meu, mas como fui eu que guardei, acho que tenho uma boa dose de posse sobre o dito cujo. Ele se trata de um email em que eu e Gisele, certa feita, conversávamos sobre nossas férias.

E eis que aqui estamos nós.

Ela já de férias, bem longe, fazendo uma falta danada por essas bandas, e eu aqui, a poucas horas do momento tão esperado.

Sim, hoje é meu último dia de trabalho em 2007.

Não posso dizer em palavras o quanto esperei por isso. Mas erro maior seria ignorar a pontinha de medo que toma conta de mim agora.

Depois que saí da faculdade – em julho de 2004 e onde as férias não eram longas - só tive 2 momentos em que não trabalhei. Estes momentos foram nas minhas mudanças de cidade. Quem já se mudou há de concordar comigo que não são os momentos mais relaxantes do mundo, certo?

Pois bem, o meu medo é justamente saber quanto tempo eu agüentarei antes de ficar insana, exatamente do jeitinho que a Gi descreveu brilhantemente no trecho abaixo.


(...) O único problema é que, se eu continuar assim, daqui a um ano, depois de três dias de férias eu vou estar roendo as paredes, desesperada por não ter nada que fazer. Ou vou começar a organizar as crianças da praia em times para cuidar dos menores, times para deixar a praia limpa, times para brincar com velhinhos solitários e times para fazer a hora do conto para os pequenos. E com as mães, eu vou fazer mutirões com horários agendados na semana para uma ou duas prepararem o lanche para as 28 crianças da rua inteira, para uma ou duas organizarem a festa dos aniversariantes da semana, e para uma ou duas contratarem os go-go-boys para o clube da quarta-feira. E com os pais, eu agendo escalas para buscar as adolescentes na balada até as duas da manhã (porque onde se viu voltar depois disso?) e escalas para ensinar os filhos adolescentes a dirigir, com aulas teóricas em grupo na beira da praia e aulas demonstrativas individuais com hora marcada. E com as avós, vou organizar o bingo de integração da melhor idade, em prol do conserto do poste de luz da esquina, que a porcaria da prefeitura não está nem aí. E com os pequenos vai ter o concurso do melhor castelo de areia que copie uma casa da praia, e a campanha “remela não”, para ensinar hábitos de higiene pessoal.

Aí eu volto bem tranqüila e descansada depois.


Eu, particularmente, tenho medo. Mas conto depois para vocês se o medo era infundado ou se tinha razão de ser.


Milena roubou um texto de uma amiga na cara larga, mas só porque é hilário e descreve perfeitamente tudo que passa pela sua cabeça agora. Escreve aqui às sextas.

6 comentários:

Mia disse...

Meo, é deeeeeeesssssssse jeito! Mas vc trabalha com quê? Isso parece natureza típica de enfermeira hahaaahahaha; é o tipo de coisa que fazemos até sem sentir, aiai... vai entender!
^.^

Férias são um monte de negócio esquisito, mesmo...

=*

Milena disse...

ah é!
esqueci de mencionar que sou Farmacêutica Industrial.
Trabalho com P&D em Biotecnologia em uma indústria nacional. É bem legal.
Mas o stress é uma constante por aqui.
Férias vai ser estranho mesmo...

Angel disse...

Roubo perfeito Milena!
Ótimo texto!
No mundo frenético em que vivemos, férias é algo bem estranho, de difícil adaptação mas de necessidade máxima.
Boas Férias!

Beijos!

Débora disse...

Milena,
Muito bom o texto! Como só vou ter 10 dias de férias não vou ter tempo para ficar louca, ainda mais que vou passar dias na estrada!rsrs
bjs e ótimas férias pra vc!

Gisele Lins disse...

O Mi, ficou muito mais legal com a tua introducao, hahaha! Quando sobrar um tempinho aqui nas reunioes diarias do grupo que eu montei - AISCOXIE (Associacao de Ingleses Simpaticos Contra Xenofobia e Indianos Estupidos) (hahahahahahahaha)eu entro em contato com a associacao que tu certamente ja vai ter montado na praia pra gente se falar!
Boas ferias amadinha, espero te achar plugada por ai! Beijocas!

Sisa disse...

Ferias, ferias... Ahhh ferias de verdade mesmo, oficiais, eu nao tiro faz tempo... Em compensacao, passeei tanto em 2007 que ele pode ser considerado praticamente 1 ano de ferias, rs.
Aproveite bem, e volte pra Itapira igual aquela Milena-Garota-Verao que saiu da nossa casa em SJC, rs...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...